25 de junho de 2022
Publicado em • atualizado em 10/10/2021 às 23:20

Antes de decidir aliança, Henrique Meirelles prepara encontro com prefeitos

Henrique Meirelles recebe o editor do Diário de Goiás, Altair Tavares , e detalha agenda da pré-candidatura ao Senado (foto Léoiran)
Henrique Meirelles recebe o editor do Diário de Goiás, Altair Tavares , e detalha agenda da pré-candidatura ao Senado (foto Léoiran)

Pré-candidato a senador por Goiás, o secretário da Fazenda de São Paulo Henrique Meirelles (PSD), manteve um fim de semana de reuniões com líderes políticos e empresariais, em Goiânia. O plano eleitoral já tem uma agenda preparada para encontro com prefeitos nas próximas semanas, revelou ele ao Diário de Goiás no domingo, 10. A nova rodada sucede à primeira agenda realizada em setembro. Ele mantém a agenda nesta segunda e retorna a São Paulo.

Nos encontros, Meirelles tem perguntado aos convidados para que mostrem sua visão em relação ao cenário eleitoral de Goiás e das prováveis movimentações políticas. Ele demonstra que quer uma percepção mais ampla do quadro eleitoral do Estado.

A reunião com os prefeitos que serão convidados levará a uma aproximação maior do pré-candidato ao Senado em relação às expectativas dos municípios. Os passos posteriores, na construção da candidatura, levarão a visitas ao interior de Goiás. Independente disso, Henrique Meirelles acredita na formatação de uma campanha com ampla força dos canais digitais, repetindo o que aconteceu em 2018 na eleição para presidente do Brasil.

Continua após a publicidade

Afinal, em qual chapa estará o candidato ao senador Henrique Meirelles na eleição de 2022? O pré-candidato faz mistério. Nos bastidores, há indícios de que o governador Ronaldo Caiado (DEM) teria tentado fazer o anúncio há algumas semanas. Questionado sobre o divulgação da chapa e do apoio, o pré-candidato afirma que ainda há passos a ser dados até o anúncio.

Henrique Meirelles vai abrir escritório político em Goiânia onde receberá lideranças políticas e terá porta aberta para também se aproximar do eleitor.

REDUÇÃO DO ICMS DOS COMBUSTÍVEIS

Em conversa com o Diário de Goiás, Henrique Meirelles reforçou as críticas em relação aos projetos que tratam da redução do ICMS dos combustíveis como defendido pelo presidente Jair Bolsonaro e sustentado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.

Continua após a publicidade

Para o secretário da Fazenda, a proposta de alterar a incidência do ICMS sobre o preço médio dos combustíveis nos últimos dois anos tem efeito imediato (no curto prazo), mas no médio prazo será absorvida pelos reajustes dos combustíveis.

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista político.