19 de agosto de 2022
Publicado em

Atlético-GO vai escolher entre Sul-Americana e Copa do Brasil

Foto - Alan Deyvid/ACG
Foto - Alan Deyvid/ACG

É muito difícil compreender e explicar o que está acontecendo com o Atlético Clube Goianiense que atravessa no momento duas realidades bem distintas. Oito e Oitenta na temporada 2022.

Se por um lado o torcedor vibra com o desempenho do time na Copa do Brasil e Sul-Americana. Por outro ele se decepciona com o rendimento no Campeonato Brasileiro.

O mesmo time tem no meio de semana confrontos de quartas de final com Corinthians e Nacional do Uruguai. Sábado e domingo a agonia de derrotas e a zona do rebaixamento na Série A.

Continua após a publicidade

O presidente rubro-negro, Adson Batista, considera que o Dragão tem hoje um dos melhores elencos de sua história. É cedo para se comprovar tal afirmação, mas considero que o time tem capacidade para mostrar rendimento melhor no Brasileirão que é a prioridade no Accioly.

Um rebaixamento só não será uma tragédia, se vier acompanhado de um título nas copas. Ser campeão em uma das copas é algo possível, mas muito difícil, mesmo com o Atlético mostrando força e um futebol muito competitivo, como nos jogos diante de Goiás, Corinthians e Olimpia.

O clube vai abrir mão de uma das competições. A necessidade para tomada da difícil decisão, foi exposta nas palavras de Adson Batista e o técnico Jorginho após a derrota de goleada para o Flamengo no Maracanã.

Continua após a publicidade

Acredito que a escolhida será a Sul-Americana, uma vez que na Copa do Brasil o time já venceu o Corinthians no jogo de ida por 2×0, construindo uma boa vantagem para conquista de uma premiação de R$ 8 milhões em caso de classificação para as semifinais.