26 de maio de 2024
Política

Coligação de Gomide é punida e terá que dar tempo de resposta a Roberto Naves

Juíza mandou retirar do ar propaganda com ataques a Roberto. Foto: Portal Alego.
Juíza mandou retirar do ar propaganda com ataques a Roberto. Foto: Portal Alego.

A coligação do candidato a prefeito de Anápolis, Antônio Gomide (PT), foi punida por ataques ao atual prefeito e candidato à reeleição, Roberto Naves (PP). A juíza Mônice de Souza Balian Zaccariotti, da 3ª Zona Eleitoral, determinou que o petista terá que ceder tempo de sua propaganda eleitoral na TV para que o progressista responda às acusações.

A magistrada apontou irregularidades em duas propagandas eleitorais de Gomide. Em uma delas, o petista afirma que Naves teria tentado trocar uma área pública nobre por outra menos valorizada para construção do Politec, distrito industrial municipal.

Na outra, a coligação A Força do Trabalho, composta por PT, PMB e PCdoB, diz que o atual prefeito retirou milhões do Instituto de Seguridade Social dos Servidores de Anápolis (Issa).

A juíza também, além de dar direito de resposta a Roberto Naves, mandou tirar do ar as propagandas com acusações.

Em contato com o Diário de Goiás, a assessoria de Gomide informou que está recorrendo da decisão e afirmou que a propaganda eleitoral desta quinta-feira (26) será veiculada normalmente, apenas com prejuízo à pílula que foi retirada do ar pela Justiça.


Leia mais sobre: / / / Destaque 2 / Política