10 de agosto de 2022
Rede de Apoio

Clínica da Mulher realiza redes solidárias para ajudar pessoas em vulnerabilidade social

Ação desenvolvida na Clínica de Senador Canedo promove atendimento psicossociais para pessoas em sofrimento psíquico e transtorno mental
Foto: Roberta Bittar
Foto: Roberta Bittar

A partir de uma abordagem psicossocial, a Clínica da Mulher de Senador Canedo promove práticas terapêuticas coletivas entre membros da comunidade. O objetivo da ação, que é feita entre parceria da Secretaria Municipal de Saúde do município, é a construção de redes sociais solidárias para auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade social, de forma gratuita e acessível.

Segundo relata o diretor da unidade, Johnny Carter, o objetivo da ação é fortalecer os vínculos e promover a qualidade de vida dos pacientes. “Estamos trabalhando para oferecer bem-estar para toda a população e esses grupos são ambientes seguros para compartilhar as experiências de vida e sabedoria, de forma horizontal e circular”, afirma o diretor.

Além da Clínica da Mulher, a prefeitura de Senador Canedo também promove diversos atendimentos psicossociais para a população em geral, inclusive nas unidades dos Centros de Atenção Psicossociais (Caps). Os serviços e acompanhamentos em saúde mental são de caráter aberto e comunitário voltados a pessoas com sofrimento psíquico, incluindo aqueles decorrentes de necessidades advindas do uso de álcool, crack e outras substâncias.

Continua após a publicidade

O atendimento na Clínica da Mulher acontece todas as quintas e sexta-feiras, às 9 horas, por meio de agendamento pelo Sisreg Terapeuta Comunitária Integrativa. Para se consultar, os pacientes precisam ser maiores de dezoito anos. Já nos Caps, o atendimento é diário, e as unidades atendem das 8 às 17 horas, a partir de encaminhamento da assistência social ou de uma Unidade Básica de Saúde.