25 de maio de 2024
Vila Nova Futebol Clube

Claudinei destaca importância de um bom Goianão no Vila Nova para evitar pressão na Série B

Claudinei Oliveira com Frontini e Hugo Bravo (Foto - Roberto Corrêa)
Claudinei Oliveira com Frontini e Hugo Bravo (Foto - Roberto Corrêa)

Após a demissão de Allan Aal, duas após a derrota para o Paysandu na Copa Verde, o Vila Nova Futebol Clube foi buscar um substituto e a primeira opção foi Claudinei Oliveira que acabou contratado.

Essa condição de ser uma prioridade foi um dos motivos para o técnico dizer sim para o clube colorado. “Temos um mercado que tem muitos treinadores, e a partir do momento que clube tem você como primeiro nome, já te incentiva a participar do projeto”, explicou o técnico em sua apresentação no Onésio Brasileiro Alvarenga.

O técnico em sua primeira entrevista colocou o Campeonato Goiano que começa em janeiro como primeira meta do Vila Nova. “Temos que fazer uma boa competição, com um futebol convincente, que o torcedor veja a evolução da equipe e se sinta representado em campo. Que seja uma equipe muito organizada taticamente e que brigue por todas as bolas. Assim, a gente ganha o torcedor”.

O profissional evitou falar do Brasileiro da Série B: “Não adianta pensar na frente, porque se o resultado não vier no Campeonato Goiano, para a Série B a gente já fica pressionado”.

Reforços

Claudinei Oliveira revelou que vem participando das conversas de contratações no clube: “Quando cheguei já tinha uma base montada. Alguns jogadores com contratos renovados. Mas venho conversando diariamente com a diretoria e o presidente Hugo Bravo sobre nomes que estão chegando para reforçar o time”.


Leia mais sobre: / / / Esportes / Vila Nova Futebol Clube