21 de maio de 2024
Previsão do tempo

Cimehgo alerta motoristas para chuvas fortes nas estradas durante a Semana Santa

O volume de chuvas durante o feriado será alto em alguns pontos do Estado. Equipes estão monitorando o nível do Rio Vermelho, que corta a Cidade de Goiás
Equipes fazem monitoramento do volume do Rio Vermelho para prevenir alagamentos e transtornos durante a Semana Santa. Foto: Reprodução
Equipes fazem monitoramento do volume do Rio Vermelho para prevenir alagamentos e transtornos durante a Semana Santa. Foto: Reprodução

A chegada de uma frente fria ao Estado de Goiás, na última sexta-feira (22), vinda da região Sudeste do país, amenizou as temperaturas e influenciou a ocorrência de chuvas fortes e tempestades em todo o Estado. O Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo) está monitorando o volume dos rios que cortam as principais cidades turísticas, como o Rio Vermelho na Cidade de Goiás, e alerta os motoristas para redobrarem o cuidado nas estradas durante a Semana Santa.

Desde o início da semana, equipes estão atentas a cheia do Rio Vermelho na Cidade de Goiás, que possui histórico de alagamentos, e já iniciou os festejos da Semana Santa. Nesta quarta-feira (27), terá a o ápice das celebrações, bastante aguardadas pelos turistas e moradores, a tradicional Procissão do Fogaréu pelas ruas da antiga Vila Boa.

No último boletim, divulgado pela Cimehgo na segunda (25), o volume do Rio Vermelho na entrada da cidade havia aumentado 0,39 cm e na saída da cidade chegou a subir 1,00 metro. O gerente da Cimehgo, André Amorim, alerta os turistas e quem pretende pegar a estrada nos próximos dias. “Para quem vai participar das atividades, é importante sim ficar atento, que nós teremos chuvas para os próximos dias”, destaca André.

De acordo com o gerente da Cimehgo, a atenção deve ser redobrada para quem vai viajar. Em alguns pontos do Estado, haverá ocorrência de tempestades e chuvas fortes. “As chuvas oscilam bastante, mas sim, nós teremos chuvas que podem comprometer a questão do trânsito nas estradas. É importante que as pessoas evitem o trânsito noturno, especialmente porque essas chuvas podem se transformar em chuvas de tempestade, aquela chuva mais intensa, volumosa, como aconteceu hoje (25/3) na cidade de Goiás”, alertou Amorim.

Segundo André, o alto volume de chuvas ocorreu também em outros municípios, além da Cidade de Goiás. “Mineiros já está com 86 milímetros (parâmetros da última segunda 22/3), também tivemos a cidade de São Miguel da Araguaia, também com chuvas intensas hoje pela manhã”, ressaltou o gerente.

Para esta terça (26), o prognóstico é de risco potencial para chuvas intensas de (30 a 50 mm/h ou 60 mm/dia), que podem vir acompanhadas de rajadas de vento (acima de 60 km/h) e raios, em todo o Estado de Goiás. Em Goiânia, são esperados até 15 milímetros de chuva, com temperatura variando entre mínima de 20ºC e máxima de 29ºC.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.