logomarcadiariodegoias2017

cartão reforma.jpgGoiás teve 47 municípios com propostas de intervenção aprovadas no programa federal Cartão Reforma, podendo beneficiar mais de 8 mil famílias. A primeira lista de cidades selecionadas foi divulgada ontem (16/4) pelo Ministério das Cidades. A Agência Goiana de Habitação (Agehab) alerta os municípios para a abertura último lote de inscrições para o Cartão Reforma, que vai até 11 de maio.  “O município que não foi contemplado na primeira lista, perdeu o prazo ou possui mais moradias para cadastrar tem agora nova chance. Nosso objetivo é levar o programa para os 246 municípios. Oferecemos um treinamento em parceria com o Ministério das Cidades para os gestores das prefeituras, que resultou na inscrição de 100 municípios”, ressalta o presidente da Agehab, Cleomar Dutra.  

O investimento em Goiás nesta primeira etapa de selecionados pode chegar a R$ 40,9 milhões. O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, anunciou para Goiás em 2018 recursos da ordem de R$ 49 milhões do Cartão Reforma. “São recursos importantes. Por isso, é necessária a participação dos municípios, que precisam indicar as áreas de intervenção e cadastrar as propostas. A equipe da Agehab está à disposição das prefeituras para orientação”, afirma Cleomar Dutra.

Os municípios aprovados neste edital são Americano do Brasil, Anápolis, Anicuns, Araçu, Buriti De Goiás, Caçu, Caldas Novas, Castelândia, Cezarina, Cidade Ocidental, Cocalzinho De Goiás, Corumbaíba, Cristalina, Cumari, Doverlândia, Edealina, Goiânia, Goiás , Gouvelândia, Guaraíta, Heitoraí, Hidrolândia, Itaguari, Itajá, Itapaci, Joviânia, Luziânia, Matrinchã, Morro Agudo de Goiás, Nazário, Orizona, Paranaiguara , Pilar de Goiás, Piracanjuba, Porteirão, Posse, Rianápolis, Sanclerlândia, Santa Barbara de Goiás, Santa Fé de Goiás, Santa Helena, São Francisco, São Joao D’ Aliança, São Joao da Paraúna, São Luís de Montes Belos, Trindade e Valparaiso de Goiás.

O presidente da Agehab informa que o Cartão Reforma beneficia famílias com renda mensal de até R$ 2.811. Ele lembra que o programa foi inspirado no Cheque Mais Moradia modalidade Reforma, do Governo de Goiás, e assim como o programa goiano, só pode ser utilizado para compra de materiais de construção.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH