logomarcadiariodegoias2017

Bruno Covas e Jose Eliton.jpg

 

“Estou entusiasmado com o Corujão da Saúde, que visa ofertar consultas e exames em um terceiro turno para que o trabalhador também possa ter acesso a esses serviços no período que seja propício”, declarou o governador José Eliton nesta segunda-feira (16/04), em São Paulo. Acompanhado do ex-governador Marconi Perillo, ele se reuniu com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, para conhecer um pouco dos resultados do programa, implementado há pouco mais de três meses pelo ex-prefeito João Doria.

 De acordo com o prefeito Bruno Covas, o programa Corujão foi implantado em janeiro, sofreu críticas inicialmente, mas hoje é um dos mais bem avaliados na gestão municipal. Eram 585 mil pessoas para realizar exames, número que já foi reduzido consideravelmente. O Corujão encontra-se na sua segunda etapa de implantação, que inclui o atendimento a cirurgias eletivas, onde 35 mil procedimentos já foram realizados.

 Em seu encontro com o prefeito de São Paulo, o governador José Eliton destacou que “a partir daquilo que o ex-governador Marconi Perillo construiu em termos de infraestrutura de saúde no estado, será possível estabelecer uma agenda que possa melhorar ainda mais a condição de saúde em Goiás”. Além das consultas e dos exames em terceiro turno na rede pública estadual, José Eliton também implementará as cirurgias eletivas para atender às demandas dos municípios.

 O prefeito Bruno Covas colocou-se à disposição do estado de Goiás para a troca de experiências entre os estados. Ele pediu ao governador José Eliton que transmitisse ao secretário de Saúde, Leonardo Vilela, o convite para que fosse pessoalmente à capital paulista para conhecer o programa Corujão nas suas várias peculiaridades.

 O ex-governador Marconi Perillo, presente ao encontro, destacou que o programa Corujão é excelente para São Paulo e que se deu certo lá, também vai dar certo em Goiás. Ao prefeito Bruno Covas, Marconi disse que ele “é o orgulho da família”. Bruno assumiu a Prefeitura de São Paulo no dia 6 deste mês, após a renúncia de João Doria que vai concorrer ao Governo do Estado.

 Bruno é advogado, formado pela USP, e economista, pela PUC SP. O prefeito é neto do ex-governador de São Paulo, Mário Covas. Em 2011, foi secretário de Meio Ambiente no governo de Geraldo Alkmin. Foi deputado estadual por dois mandatos e eleito deputado federal em 2014, sendo o quarto mais bem votado do estado. Em 2016, tornou-se vice-prefeito.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH