logomarcadiariodegoias2017

delegado Alexandre Lourenco.jpg

 

Uma mulher e a filha dela de apenas quatro anos de idade foram sequestradas por um ex-companheiros da vítima. O fato ocorreu nesta segunda-feira (10). O homem e outros comparsas foram presos seis horas depois do crime.

De acordo com o delegado Alexandre Lourenço, que participou das investigações, por volta de 11 horas, a mulher e a filha foram tiradas à força de casa. O delegado explicou que três homens entraram na casa da vítima, e saíram da casa com a criança chorando no colo e a mulher foi arrastada pelo braço e jogadas dentro de um veículo VW/gol, cor prata.

Veja entrevista coletiva concedida pelo delegado Alexandre Lourenço

<>

As investigações indicam que o homem já havia agredido a vítima no ano de 2014. O homem tentava reatar o relacionamento com a mulher. A polícia apura a informação de que a mulher teria ficado dois anos em cárcere privado, numa propriedade rural, em Heitoraí, sem nenhum contato com outras pessoas.  

A Polícia Civil obteve informação de que há cerca de 60 dias, a mulher conseguiu contato com o avô materno que conseguiu retirar a vítima do local e trazer para a casa da mãe em Bela Vista de Goiás.

Segundo o delegado Alexandre Lourenço, em menos de 6 horas da notícia do crime o sequestro fosse finalizado com o resgate das vítimas (mãe e filha) e a prisão do sequestrador que as mantinha em um motel da cidade de Itapuranga. O autor foi preso, assim como os comparsas.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH