logomarcadiariodegoias2017

marconi_perillo_em_quirinopolis_foto_marco_monteiro.jpgOs moradores de Quirinópolis, município do Sudoeste Goiano distante 285 quilômetros de Goiânia, terão melhores condições de assistência médica com a Unidade Estadual de Saúde Especializada (USE) e o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq). A entrega das obras físicas será nesse sábado, dia 31, às 13h, com a presença do governador Marconi Perillo, vice-governador José Eliton e secretário de Estado da Saúde de Goiás Leonardo Vilela. A cerimônia será realizada no Credeq de Quirinópolis, localizado na antiga estrada para Paranaiguara no cruzamento com o Anel Viário da cidade.

Marconi explica que o objetivo é levar uma gama de serviços de saúde de qualidade para o cidadão que reside no interior do Estado, e que não precisará mais se deslocar em busca de atendimento nos grandes centros como Goiânia e Anápolis. “Essas duas obras de Saúde são marcos históricos. Com isso, vamos continuar levando uma saúde pública de qualidade para o interior do Estado”, disse o governador.

O valor investido nas obras foi de R$ 29 milhões no Credeq, e de R$ 9 milhões e 622 mil no USE de Quirinópolis. A população a ser beneficiada é de 656.450 de pessoas, residentes nos 28 municípios da região. São estruturas modernas, espaçosas, programadas para receber com conforto e eficiência os pacientes que delas precisarem.

Em equipamentos, serão investidos R$ 8 milhões para o USE edificado. Também R$ 1 milhão e 600 mil para equipamentos e mobiliário do Credeq. O custeio das unidades ficará no valor de R$ 1 milhão por mês para a USE e de R$ 2 milhões por mês para o Credeq.

“A edificação das novas estruturas é um marco para o Estado, projeto de governo para descentralizar cada vez mais a oferta de serviços em Saúde. A USE compõe uma rede que oferecerá consultas em diversas especialidades médicas e exames de diagnóstico em Goiás”, avalia Leonardo Vilela.

As USEs de Goianésia (Centro-Norte) e Quirinópolis (Sudoeste) já estão com as obras físicas concluídas. Outras quatro USEs que estão em fase adiantada de construção também serão entregues este ano em Formosa, Posse, Goiás e São Luís de Montes Belos. Já a Rede Credeq será ampliada com as unidades em Morrinhos e Caldas Novas, que também ficarão prontas este ano. Assim, Goiás terá cinco Centros de Referência e Excelência em Dependência Química: o de Aparecida de Goiânia, em funcionamento há mais de um ano e agora a SES-GO está equipando os de Goianésia e de Quirinópolis.

“Os serviços oferecidos nas unidades de saúde especializadas serão pioneiros no estado, pois não se trata de ofertar consultas apenas, o que estamos implantando com essas unidades é o que há de mais inovador em saúde no país. serviços oferecidos nas USE´s só existem em grandes centros de saúde no país, como Albert Einstein e Sírio Libanês”, afirma Leonardo Vilela.

Com metodologia de day one health – um dia de saúde – as USE’s ofertarão aos pacientes encaminhados à unidade, a oportunidade de realizar um verdadeiro “check up”, consultando-se com todos os especialistas dos quais eles precisarem (cardiologista, endocrinologista, nutricionista, etc). Além disso, serão submetidos a todos os exames solicitados pelos profissionais em um só dia.

“Entrando pela manhã na unidade, o paciente sairá no final do dia com um relatório médico de todas as evidências diagnósticas identificadas pelos profissionais, além dos exames realizados”, explica.

Os profissionais da atenção primária receberão orientações de como conduzir a terapia no paciente. Este elo entre o nível primário da atenção e o secundário, ainda não existia em Goiás.

Outro processo inovador das USEs são as linhas do cuidado do paciente. São programas especiais para crianças, gestantes, idosos, diabéticos, hipertensos, entre outros públicos, que proporcionam um acompanhamento sistemático da saúde dos usuários, com toda equipe médica e multidisciplinar, visando construir um cuidado contínuo e eficiente na atenção primária (que são as unidades básicas de saúde, a Estratégia de Saúde da Família) em consonância com a atenção secundária (que são os USE’s e seus especialistas). “Dessa forma, as orientações terapêuticas e os resultados no tratamento serão acompanhados de perto por todas as equipes nos diferentes níveis de atenção”, completa.

De acordo com Leonardo Vilela, esse trabalho atenuará gargalos de atendimento na capital e, com a proposta de continuidade, dará por efetivado e consolidado o projeto em Saúde Pública que chegará mais perto de cada cidadão goiano.

Ficha Técnica

Credeq:

-Valor da obra: R$ 29 milhões

-Valor de equipamentos: R$ 1,6 milhão

-Valor total de investimentos: R$ 30,6 milhões

-Total área construída: 10.000,56 metros quadrados

USE:

-Valor da obra: R$ 9 milhões

-Valor de equipamentos: R$ 8 milhões

-Valor total investido: R$ 17 milhões

-Total área construída: 3.775 metros quadrados

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH