logomarcadiariodegoias2017

gravida foto blog saude Matthias_G_Ziegler.jpg

 

Dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), atualizado em outubro de 2017, apontam que, em todo o Brasil, a cobertura vacinal contra coqueluche entre gestantes chegou a apenas 38,4% em 2017,1 apesar da vacina ser gratuita para esse público nos postos de saúde.

 A coqueluche é uma doença infecciosa altamente contagiosa causada pela bactéria Bordetella pertussis, que compromete o aparelho respiratório humano (traqueia e brônquios). A doença é mais perigosa em bebês menores de 2 meses de idade e é transmitida facilmente de pessoa para pessoa, principalmente através de gotículas produzidas por tosse, fala ou espirros.

As mães são a fonte de infecção mais comum da coqueluche em lactentes, sendo responsável por mais de 37% dos casos. Por isso, a prevenção da mãe é uma forma de proteger o bebê da doença.

Com o objetivo de capacitar os profissionais de saúde que atuam no pré-natal e nas salas de vacinação da Atenção Básica da saúde pública, a empresa GSK está realizando uma série de seminários sobre a vacinação no Brasil e o calendário vacinal da gestante através do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A coqueluche é uma importante causa de mortalidade infantil em todo o mundo e continua a ser uma preocupação de saúde pública, mesmo em países com alta cobertura vacinal.5 A maioria dos casos e óbitos se concentra em crianças menores de um ano de idade, especialmente nos primeiros seis meses de vida. O próximo evento será realizado na próxima terça–feira, dia 20 de março em Goiânia. A ação foi programada para o Restaurante Contemporane. Endereço: Rua 1.136, Nº 379 - Setor Marista.

A principal medida de prevenção da coqueluche é a vacinação. Gestantes nunca vacinadas e/ou com o histórico vacinal desconhecido, devem fazer duas doses de dT (Difteria, Tétano e Coqueluche Acelular) e uma dose de dTpa. Deve-se apenas garantir que a dTpa seja feita após a 20ª semana de gestação, e que o intervalo entre as doses seja de pelo menos 1 mês.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH