26 de junho de 2022
Covid-19 • atualizado em 21/05/2022 às 09:41

Cidade de Goiás passa a exigir o uso de máscara em ambientes fechados

O decreto foi publicado pelo prefeito Aderson Gouvea na última sexta-feira e tem validade até o dia 7 de junho
Há previsão de multa de R$ 110 para o vilaboense que estiver sem máscara em locais fechados
Há previsão de multa de R$ 110 para o vilaboense que estiver sem máscara em locais fechados

A cidade de Goiás voltou a exigir máscaras em locais fechados. A cobrança foi assinada pelo prefeito Aderson Gouvea (PT), por meio de um decreto que foi publicado no Diário Oficial do Município na última sexta-feira (20). A validade da exigência do uso de máscara será desde a data da assinatura até o dia 7 de junho. Período que sucede o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que acontece em dez dias.

A multa para cada cidadão vilaboense que for encontrado em lugar fechado sem o uso da máscara será de R$ 110. Para os estabelecimentos comerciais, a exigência é de que o estabelecimento não permita o acesso de funcionários e usuários sem máscara, disponibilize preparações para higienização e a intensifique a limpeza do ambiente a multa pode chegar. O descumprimento pode gerar uma multa de R$ 3,3 mil.

A decisão foi tomada para reduzir os casos de Covid-19 no município e também prevê ações para o Fica, que “observará rigorosamente as disposições contidas neste decreto”. Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito afirmou que a decisão foi tomada porque os casos aumentaram nos últimos dias na cidade e, mesmo que não sejam casos graves a decisão foi tomada para minimizar o contágio na cidade.

Continua após a publicidade

“Houve um crescimento nos casos e isso foi identificado por causa da ampla testagem que temos feito para identificar os casos e tomar as medidas. Não há nada alarmante, felizmente a vacina tem sido muito eficaz e não tivemos nenhum caso grave, porém achamos mais seguro convocar o comitê de enfrentamento à pandemia e nós, em consenso, colocar a exigência das máscaras em locais fechados e de aglomeração”, defendeu o prefeito.

Veja também:

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira

Continua após a publicidade

Pesquisa Exame/Ideia: Lula aparece com 41%; Bolsonaro com 32% e Ciro com 9%

Leia mais sobre:
Cidades