24 de maio de 2022
Esportes

Ciclismo comemora: Goiânia recebe doação de Velódromo do Rio

Na última quinta-feira, 01, o Ministério do Esporte emitiu nota à imprensa se prontificando a negociar o remanejamento do velódromo construído na cidade do Rio de Janeiro, para os Jogos Pan-Americanos de 2007, para a cidade de Goiânia. Segundo a nota, “após avaliação das cidades interessadas, a partir de critérios como demanda do ciclismo, localização geográfica e capacidade de custeio das prefeituras, decidiu-se por Goiânia, cidade com tradição no ciclismo e empenhada em contribuir com o legado dos Jogos Olímpicos no Brasil”.
 
Outro critério importante foi que Goiânia está viabilizando a construção do Parque das Bicicletas, que, entre outras instalações, terá o velódromo para treinamentos e competições. O objetivo do município, ainda segundo a nota, é incrementar todas as modalidades do ciclismo, implantar uma escolinha para iniciação e estimular o uso de bicicletas na cidade. “Essa proposta vai ao encontro das diretrizes do Ministério do Esporte, e, desta forma, o Brasil passa a ter dois velódromos cobertos”, enfatiza a nota.
 
O Parque das Bicicletas – projeto da Prefeitura – será instalado no Parque Los Angeles, próximo ao Paço Municipal, onde hoje há uma pista de mountain bike. O velódromo, construído com pinho siberiano, será uma das cinco etapas do complexo esportivo, que terá a pista de mountain bike reformada, circuitos de bicicross para treinos da comunidade, além de teatro ao ar livre. “A cidade de Goiânia ganhou a disputa entre outros municípios do Brasil e temos que ter muito orgulho deste empreendimento”, comemora o secretário municipal de esporte e lazer, Wesley Batista.
 
Segundo Wesley, o espaço servirá como centro de treinamento para atletas e para recepção de eventos de porte nacional e internacional. “O velódromo é um equipamento esportivo que beneficiará os atletas de Goiânia, Goiás e da região Centro-Oeste, além de incentivar o esporte para as crianças das escolinhas de Iniciação Esportiva da Prefeitura e estimular o turismo esportivo e ecológico, entre tantas outras benfeitorias”, enfatizou o secretário.
 
Osiris Freitas que esteve à frente da Federação Goiana de Ciclismo por 22 anos também comemora.  “Temos um potencial muito grande no ciclismo, mas não tínhamos condições de revelar muito talentos, agora teremos condições de ser base de treinamentos e jogos para atletas de todos os estados do Centro-Oeste, além de Tocantins e Minas Gerais”.
 
A ciclista goiana Janildes Fernandes comemorou muito a construção do  Parque da Bicicletas, novo complexo esportivo que comportará os treinamentos do ciclismo em Goiânia. A medalhista acredita que a instalação do velódromo vai impulsionar a modalidade disputada em pista no Estado. “Para fazer o treinamento específico, a gente tem de viajar para Curitiba, Rio ou para o interior de São Paulo. Esse velódromo do Rio, apesar de estar fora dos parâmetros exigidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), tem a melhor pista da América do Sul, revela Janildes.
 
Nas próximas semanas será celebrado convênio entre o Ministério e a Prefeitura de Goiânia para viabilizar a transferência do equipamento – pista, estrutura metálica, arquibancada e sistema de iluminação. O plano de trabalho estipulará prazos e orçamento para início e término dos trabalhos. (com informações da comunicação da prefeitura de Goiânia)
Leia mais sobre:
Esportes