19 de julho de 2024
Saúde

Choque séptico: entenda quadro que causou a morte do cantor Chrystian

O choque séptico é o resultado de uma infecção que se alastra pelo corpo, rapidamente, afetando vários órgãos
Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf” morreu aos 67 anos na noite da última quarta-feira (19). (Foto: Fábio Nunes / Divulgação).
Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf” morreu aos 67 anos na noite da última quarta-feira (19). (Foto: Fábio Nunes / Divulgação).

A causa da morte do cantor Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf”, que morreu aos 67 anos na noite da última quarta-feira (19), foi divulgada. Segundo o Hospital Samaritano Higienópolis, o cantor Chrystian José Pereira da Silva Neto morreu após sofrer um choque séptico, também entendido como uma infecção generalizada. A infecção foi causada por um quadro de pneumonia, agravada por comorbidades.

O choque séptico é o resultado de uma infecção que se alastra pelo corpo, rapidamente, afetando vários órgãos e que pode levar à morte. O choque séptico pode afetar qualquer parte do organismo, como cérebro, coração, rins, intestinos e fígado. O quadro é causado por uma infecção bacteriana, mas vírus e fungos também podem causar o choque séptico. As toxinas liberadas pelos agentes invasores podem causar danos graves aos tecidos e resultar em funções reduzidas dos órgãos e pressão arterial baixa.

No caso de Chrystian, a origem foi uma infecção pulmonar, que se agravou devido ao quadro de saúde do cantor. Ele tinha rim policístico, uma síndrome renal que leva à formação de cistos no órgão. O funcionamento dos rins do artista estava tão comprometido que ele já tinha um transplante de órgão agendado, porém o procedimento havia sido adiado para o final deste ano.

Conforme informações do Hospital Israelita Albert Einstein, a síndrome renal policística é um distúrbio hereditário que causa cistos. Esses cistos são formações anormais, em formato de bolhas, que pode conter líquido nos rins. Quando os cistos se multiplicam e se tornam mais numerosos, o órgão pode ser danificado e ter a função comprometida. Os cistos da doença não são cancerígenos.

Vida e carreira de Chrystian

Nascido em Goiânia e registrado como José Pereira da Silva Neto, Chrystian mudou-se para São Paulo quando tinha nove anos com Ralf e o pai deles, Mário Silva. De início, ele cantava músicas em inglês ao lado do irmão. Seu primeiro sucesso foi “Don’t Say Goodbye”.

Nos anos 80, a dupla passou para o sertanejo e suas canções, constantemente, apareciam nas trilhas de novelas. Chrystian seguia, desde 2021, carreira solo. A parceria musical inclui sucessos como “Nova York”, “Chora Peito” e “Minha Gioconda” (Mia Gioconda), que integrou a trilha sonora de O Rei do Gado (1996-1997). Chrystian seguia, desde 2021, carreira solo.


Leia mais sobre: / / Saúde

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019