16 de abril de 2024
Simulação

Cerca de 70 aeronaves e 11 navios chineses são vistos em simulação de ataque a Taiwan

Ministério da Defesa taiwanês relata várias surtidas da força aérea e segue monitorando as forças de mísseis da China
Reuters / Teatro Leste do Exército de Libertação Popular (Foto Reuters).
Reuters / Teatro Leste do Exército de Libertação Popular (Foto Reuters).

No segundo dia de exercícios militares ao redor de Taiwan, o exército da China (TAIPÉ – Reuters) simulou ataques de precisão, neste domingo, 9 de abril. Segundo informações do Uol Notícias, o Ministério da Defesa taiwanês relata várias surtidas da força aérea e segue monitorando as forças de mísseis da China.

Taiwan é governada democraticamente, porém, a China reivindica a ilha como seu próprio território. De acordo com o Uol Notícias, a televisão estatal chinesa informou que as patrulhas de prontidão de combate e exercícios em torno de Taiwan continuam.

“Sob o comando unificado do centro de comando de operações conjuntas do teatro, vários tipos de unidades realizaram ataques de precisão conjuntos simulados em alvos-chave na ilha de Taiwan e nas áreas marítimas circundantes, e continuam a manter uma postura ofensiva ao redor da ilha”, afirmou a reportagem.

O Ministério da Defesa de Taiwan informou que, até às 16h (local) de domingo (9), cerca de 70 aeronaves chinesas e 11 navios, foram vistos em torno da ilha.

Leia também: Viagem de Lula à China é remarcada para o dia 11 de abril


Leia mais sobre: / / Mundo

Pollyana Cicatelli

Jornalista e assessora de imprensa com pós-graduação em Comunicação Organizacional. Responsável pela editoria de cultura / diversão e colunista de turismo no Diário de Goiás. * Contato e sugestão de pauta: [email protected]