26 de maio de 2024
Cidades

Censo Previdenciário deve resultar em economia de R$ 500 mil mensais no Goiânia Prev

Presidente do Goiânia Prev em avaliação ao Diário de Goiás. Foto: Prefeitura de Goiânia
Presidente do Goiânia Prev em avaliação ao Diário de Goiás. Foto: Prefeitura de Goiânia

No ano de 2019, Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município (GoiâniaPrev), realizou o 1º Censo de Recadastramento Previdenciário de Goiânia. A ação visou atualizar o cadastro dos 38 mil 881 servidores ativos e inativos. De acordo com o presidente do órgão, Paulo Henrique Rodrigues Silva, os resultados da ação aos poucos vão aparecendo e há uma economia prevista de R$ 500 mil mensais com a atualização dos dados. No censo, as inconsistências encontradas junto a cadastros, foram revisadas pela administração.

“O Censo é uma forma de modernização da gestão, Goiânia não tinha feito nenhum censo ainda. Isso é inovador. A gente crê que vamos ter uma economia mensal de R$ 500 mil para o Goiânia Prev. A gente sabe a importância para o servidor público. O censo vem para modernizar e dar transparência”, destacou o presidente.

A coleta de dados foi dividida em três categorias; cadastral, funcional e financeiro. Paulo Henrique Silva explicou a reportagem do Diário de Goiás que uma base de dados atualizada e consistente possibilita maior eficiência na realização da Avaliação Previdenciária Atuarial, que define a política previdenciária nos Estados e municípios.

“Foi feito o cadastro funcional, como de todo o servidor ativo e inativo da prefeitura. O cadastro hoje está enxuto, correto, é importantíssimo para a gente manter tudo atualizado. O sistema era precário, haviam situações que estavam erradas e colocamos agora de forma correta. As pessoas apresentaram a documentação atualizada”, explicou Paulo Henrique Silva.

O presidente argumentou que baseado nestas informações, será possível estimar quando o segurado vai adquirir direito para aposentar, probabilidades em relação às pensões por morte, previsão do cálculo de compensação previdenciária com o INSS, entre outros. O Censo de Recadastramento integra o processo de Modernização da Previdência Social de Goiânia, que foi iniciado pela administração municipal, em 2017.


Leia mais sobre: / / Cidades