23 de junho de 2024
Tradição

Cavalhadas de Palmeiras de Goiás será realizada neste final de semana

As Cavalhadas de Palmeiras de Goiás será realizada nos dias 31 de maio, 01 e 02 de junho no Parque de Exposição Iris Rezende Machado
As Cavalhadas acontecem no período noturno com sua representação da luta entre mouros e cristãos. (Foto: Secult).
As Cavalhadas acontecem no período noturno com sua representação da luta entre mouros e cristãos. (Foto: Secult).

Palmeiras de Goiás, cidade localizada ao Sul da capital, Goiânia, irá ser palco da tradicional encenação da batalha entre mouros e cristãos. As Cavalhadas de Palmeiras de Goiás será realizada nos dias 31 de maio, 01 e 02 de junho no Parque de Exposição Iris Rezende Machado.

O Circuito das Cavalhadas em 2024 abrange 15 cidades e conta com investimento de R$ 4,4 milhões, que garantirão ao público um dos mais belos espetáculos a céu aberto. Com este apoio, as Cavalhadas em Palmeiras de Goiás puderam preparar uma estrutura especial para atender a manifestação cultural.

Em Palmeiras de Goiás, as festividades começam com as alvoradas e missas, e a tradicional cavalgada de abertura dos treinos 15 dias antes da realização das batalhas. A festa registra mais de um século de existência e é uma oportunidade única para se conectar com as raízes do estado e vivenciar a grandiosidade dessa tradição centenária.

Programação das Cavalhadas de Palmeiras de Goiás

No primeiro dia da festa há o tradicional agito de dezenas de grupos de mascarados na praça da cidade, que seguem no entardecer com o cortejo dos cavaleiros e amazonas até o parque de exposição Iris Rezende Machado, onde é montado todos os anos o cavalhódromo da cidade.

As Cavalhadas acontecem no período noturno com sua representação da luta entre mouros e cristãos, além do protagonismo da participação de uma menina palmeirense que interpreta Floripes, filha do rei mouro, que é raptada pelo rei cristão e convence o pai a se converter ao cristianismo.

Tradição centenária

As Cavalhadas são uma representação tradicional dos torneios medievais que recriam as batalhas entre cristãos (vestidos de azul) e mouros (trajados de vermelho). A manifestação é inspirada no livro “Carlos Magno e Os Doze Pares da França”, quando o guerreiro cristão batalhou contra os sarracenos, de religião islâmica.

No Brasil, há registro do evento desde o século XVII, geralmente durante a festa do Divino nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. No final das batalhas, os cristãos vencem os mouros, que acabam se convertendo ao cristianismo. Em Goiás, as Cavalhadas são realizadas há mais de 200 anos.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019