23 de junho de 2024
Monkeypox • atualizado em 22/08/2022 às 18:09

Casos de varíola dos macacos coloca Goiás em estado de Emergência de Saúde Pública

Na última semana, a pasta formalizou uma série de medidas e orientações afim de rastrear e restringir a doença no Estado
(Foto: Divulgação / SES-GO)
(Foto: Divulgação / SES-GO)

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), informa que Goiás entrou em estado de Emergência de Saúde Pública em casos de varíola dos macacos. Conforme a pasta o estado está no nível III, ou seja, a classificação mais alta de risco da doença quando há confirmação de transmissão local.

Conforme a pasta, a classificação de nível da doença se divide em três. Sendo o nível I, quando entra em estado de alerta nível II, perigo iminente e nível III, estado de Emergência de Saúde pública, ou seja, quando ocorre transmissão local.

Na última semana, a pasta formalizou uma série de medidas e orientações afim de rastrear e restringir a doença no Estado. Como notificação, identificação, monitoramento e tratamento de pacientes.

Conforme atualização desta segunda-feira (22), em todo estado há 160 casos confirmados da doença, e 297 suspeitos. Ao todo, são 157 casos em homens, e apenas 3 em mulheres.

De acordo com a SES-GO, somente em Goiânia há 123 casos, Aparecida de Goiânia com 15, Inhumas, 4 casos, Luziânia, 2 casos, Planaltina 3 casos e Valparaíso de Goiás, 3 casos. Cidades como Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Bom Jesus de Goiás, Goianira, Itaberaí, Senador Canedo, Novo Gama e Uruaçu, possui 1 caso cada.


Leia mais sobre: / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.