21 de julho de 2024
Cidades

Caso Valério Luiz: acusados serão soltos e responderão em liberdade

Os acusados de envolvimento na morte do cronista esportivo Valério Luiz vão responder o processo em liberdade. Em sentença proferida na tarde desta quarta-feira (29), a prisão preventiva de Ademá Figueredo Aguiar Filho, Djalma Gomes da Silva, Urbano de Carvalho Malta e Marcus Vinícius Pereira Xavier, foi revogada.

 

De acordo com o juiz Antônio Fernandes de Oliveira o motivo da decisão está no fato deles terem se apresentado espontaneamente quando chamados para depor e não terem resistido à prisão preventiva.

Para o juiz, não há mais motivos para a manutenção de estarem presos, já que não há mais o sentido de garantir a integridade das provas, uma vez que elas já foram produzidas. Ainda segundo o magistrado “nota-se nos comportamentos destacados a necessária compatibilidade com o gozo da liberdade durante o curso processual penal, afastando a hipótese de riscos à aplicação da lei”.

No entanto, os acusados deverão comparecer mensalmente na 2ª Vara Criminal, nos primeiros cinco dias úteis de cada mês, para prestar esclarecimentos sobre suas atividades. Além disso, estão proibidos de se ausentarem da cidade sem comunicação prévia.

As informações são do Tribunal de Justiça.


Leia mais sobre: Cidades