24 de junho de 2024
Reta final • atualizado em 25/10/2022 às 17:05

Caso Roberto Jefferson não altera cenário eleitoral e reforça polarização, diz especialista

"Acho que esse episódio não vai trazer grandes movimentos", afirmou o diretor jurídico da PollingData, Ricardo Luigi Cuconati
Ex-deputado federal Roberto Jefferson é um conhecido apoiador do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Ex-deputado federal Roberto Jefferson é um conhecido apoiador do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Em entrevista ao canal do Diário de Goiás no YouTube, o diretor jurídico da PollingData, Ricardo Luigi Cuconati, argumentou que o caso do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), que recebeu a Polícia Federal com tiros e granadas, não altera em nada o cenário eleitoral e só reforça a polarização.

“Na minha análise, eu entendo que isso reforça ainda mais a polarização. O meu ponto de vista é de que isso reforça ainda mais a convicção no voto em um ou em outro. Acho que esse episódio não vai trazer grandes movimentos, grandes migrações de voto”, disse o diretor da PollingData, empresa responsável por agregar pesquisas de diferentes institutos.

“Quem tá votando a favor de um, vai continuar votando, e com aquela convicção pelo episódio. No outro, da mesma forma. Quem tá contrário a essa questão armamentista e de enfrentamento ao Judiciário, vai se manter contrário a isso. E quem está do outro lado. negando essas questões, também vai ter mais convicção em manter seu voto”, afirmou.

LEIA TAMBÉM: Roberto Jefferson é preso e atitude da polícia na negociação gera revolta na internet; veja vídeo

Na avaliação de Cuconati, as campanhas do ex-presidente Lula (PT) e do presidente Bolsonaro (PL) devem, nessa reta final, focar em convencer os indecisos e os que se abstiveram no primeiro turno. “Não sabemos em quem essas pessoas votariam.”

De acordo com ele, virar voto de um ou de outro é uma situação praticamente impossível porque são candidatos muito conhecidos, com opiniões bastante polarizadas sobre qualquer assunto. “O que a gente vê é uma certa estabilidade no cenário”, frisou.

Veja abaixo a entrevista na íntegra:


Leia mais sobre: / / Política