29 de maio de 2024
Eleições 2022

Candidatos lamentam ausência do governador Ronaldo Caiado em primeiro debate das eleições

Promovido pelo Uol e pelo Portal 6, o evento foi o pontapé inicial para que os postulantes debaterem seus projetos mirando as eleições de outubro
Caiado não participou do primeiro debate. (Foto: Divulgação / Comunicação sem Fronteiras)
Caiado não participou do primeiro debate. (Foto: Divulgação / Comunicação sem Fronteiras)

Os governadoriáveis que rumam suas campanhas de olho no Palácio das Esmeraldas não perdoaram a ausência do governador Ronaldo Caiado (União Brasil) no primeiro debate entre os candidatos ao Governo de Goiás. Promovido pelo Uol e pelo Portal 6, o evento foi o pontapé inicial para que os postulantes debaterem seus projetos mirando as eleições de outubro.

Portanto, sem a presença do atual governador, o debate foi confirmado com outros cinco candidatos: Gustavo Mendanha (PATRIOTAS); Major Victor Hugo (PL); Wolmir Amado (PT); Cíntia Dias (PSOL) e Edigar Diniz (NOVO).

Primeiro a chegar, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, lamentou a postura de Caiado. “Eu não sei o porque o medo de vir aqui poder estar cara a cara com todos os candidatos. Vim em respeito aos candidatos e ao portal, principalmente a população de Goiás. Vim aqui fazer os apontamentos daquilo que não acontece no Estado mas apontar o que podemos fazer para levar Goiás para um novo momento”, destacou.

Mendanha havia dito que só iria a debates em que o governador estivesse presente, mas decidiu revisar o posicionamento. Agora, considera ir em outros, independente da presença do democrata. “A princípio sim, estarei participando dos debates e até desafio o governador para que ele possa participar e defender o seu legado”, pontuou.

O deputado federal Major Vitor Hugo (PL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) estava acompanhado de Wilder Morais (PL) também postulante ao Senado Federal. Ele se disse “triste” por conta da ausência do governador. “Isso é uma demonstração de desprezo pela população brasileira e pela população goiana, em especial. A democracia pressupõe o debate de ideias e se ele foge do debate, não é uma desconsideração com os candidatos, é uma consideração com a população goiana”, destacou.

Única mulher candidata entre os postulantes ao cargo, presentes no debate, Cíntia Dias também subiu o tom contra o governador. “A ausência do Caiado mostra que ele não respeita os eleitores e que ele não tem respeito pelos adversários, além de que ele não quer debater o Estado. Ele não veio falar ao que veio e o que propõe de diferente nessa eleição. É lamentável”, pontuou.

O ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica (PUC-GO), Wolmir Amado, candidato do PT, também adotou postura semelhante. Disse que era uma pena que o governador não estivesse presente para responder dúvidas e questionamentos de postulantes. “Lamento muito que o governador candidato não esteja aqui para dialogar conosco e colocarmos pontos de vistas diversos e confrontarmos a diversidade de nossos projetos e para saber também dele qual a visão para o futuro. Vai continuar assim ou teremos melhorias? Essa é a grande questão que o debate sinaliza. Sua ausência mostra uma ausência da exposição mais clara, não construída em marketing mas no confronto da verdade sobre a situação do Estado”, concluiu.


Leia mais sobre: / / / / Eleições 2022 / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.