20 de julho de 2024
Direitos femininos • atualizado em 31/05/2023 às 15:20

Câmara aprova Semana das Meninas em calendário de eventos oficiais em Goiânia

A proposta da vereadora Sabrina Garcez tem objetivo de promover direitos de meninas e mulheres adolescentes, na capital
A proposta é de autoria da vereadora Sabrina Garcez. Foto: Reprodução
A proposta é de autoria da vereadora Sabrina Garcez. Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou, nesta quarta-feira (31), o projeto que institui a Semana das Meninas no calendário de eventos oficiais de Goiânia. A proposta da vereadora Sabrina Garcez (Republicanos) tem o objetivo de promover os direitos das meninas e mulheres adolescentes, e foi aprovada em segunda e última votação.

A celebração vai ser realizada anualmente na semana do dia 11 de outubro. A data foi escolhida pela Organização das Nações Unidas (ONU) como marco da promoção dos direitos das mulheres e meninas. De acordo com a parlamentar, desigualdades entre meninas e meninos são construídas social e culturalmente desde a infância e a adolescência.

Conforme a vereadora, tais comportamentos vão moldando concepções que, muitas vezes, desfavorecem as meninas e acarretam violações e violências em suas trajetórias de vida relacionadas ao fato de serem mulheres. Segundo a parlamentar, essa conjuntura é destacada pela Resolução nº 180/2016 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Com efeito, a proposta visa estimular a realização de eventos que busquem fomentar ações socioeducativas e preventivas na promoção dos direitos das meninas e mulheres adolescentes. Ao mesmo tempo, vai reconhecer a necessidade de se ampliar as estratégias para eliminar as desigualdades sociais em Goiânia.

Sabrina Garcez explica que a igualdade de gênero faz parte dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, definidos em 2015. “O objetivo Igualdade de Gênero indica, por exemplo, a adoção e o fortalecimento de políticas sólidas e de legislação aplicável para a promoção da igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas em todos os níveis”, justifica a vereadora.


Leia mais sobre: / / Política

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.