17 de abril de 2024
Eleições OAB-GO

Caldas Novas tem inédita candidatura feminina à presidência de subseção da OAB

Eleições da OAB Goiás terão candidatura feminina em Caldas Novas. (Foto: Divulgação)
Eleições da OAB Goiás terão candidatura feminina em Caldas Novas. (Foto: Divulgação)

Caldas Novas tem a primeira candidatura feminina à presidência da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO). A chapa encabeçada por Kamilla Ferreira foi lançada em evento na noite desta terça-feira (19).

A chapa é acompanhada por Antônio Henrique, para vice-presidente; Suzana França, para diretora-tesoureira; Edmundo Netto, para secretário-geral; e Sônia Alves, como secretária-geral adjunta. O grupo apoia o candidato Rafael Lara na disputa pela presidência da OAB-GO.

Mais das eleições na OAB-GO: Candidato rejeita vínculos partidários, mas acata apoios

Kamilla Ferreira é especialista em Direito Previdenciário. Ela atuou como vice-presidente da Comissão de Advocacia Jovem, como presidente da Comissão do Direito Previdenciário da OAB Subseção Caldas Novas e coordenadora da ESA-GO.

“Muito me orgulha ser a primeira mulher a disputar esse cargo e poder representá-los. A OAB tem que representar toda a advocacia, tem que ser combativa e buscar as prerrogativas dos advogados”, disse.

Em Caldas Novas, Rafael Lara apresenta propostas

O candidato à presidência da OAB-GO, Rafael Lara, discursou no evento em Caldas Novas e apresentou propostas da chapa. Entre as principais estão a regionalização da Procuradoria de Prerrogativas e a redução das custas judiciais.

Lara falou também sobre o projeto “Oportunidade Já”, “um convênio, que já está construído e dialogado, com o maior site jurídico do mundo, o Jusbrasil, que tem mais de cem milhões de acessos por mês”.

O candidato explicou que o objetivo é auxiliar a advocacia goiana na captação de clientes, principalmente, no cenário de pós-pandemia. “Será o maior convênio tecnológico e jurídico da história da OAB Goiás. Quando a origem da busca na internet por assuntos jurídicos for do estado de Goiás, essas pessoas vão dialogar exclusivamente com advogados goianos”, esclareceu, ainda.


Leia mais sobre: / / Eleições OAB-GO