09 de agosto de 2022
Cidades

Cais da Chácara do Governador será transformado em UPA; Reforma começa na terça

Saúde de Goiânia discorda de proposta de mudança de regulação. Foto: Prefeitura de Goiânia
Saúde de Goiânia discorda de proposta de mudança de regulação. Foto: Prefeitura de Goiânia

A reforma e ampliação do Cais Chácara do Governador para a transformação em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) terá início na próxima terça-feira (17). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, além da melhoria geral na estrutura, a sala de reanimação será ampliada, passando de um para três leitos. Serão criadas uma enfermaria pediátrica, salas de isolamento e gesso. Já o número de consultórios médicos aumentará de três para cinco.

Continua após a publicidade

Atualmente, a unidade realiza uma média de 200 atendimentos de emergência por dia e 100 na parte de ambulatório nas especialidades médicas de ginecologia, urologia, dermatologia e alergia. O Cais também oferece serviços de psicologia, fonoaudiologia e odontologia. Com a ampliação, a unidade passará a ter também ortopedista e pediatra.

De acordo com a prefeitura, para a realização da obra, prevista para ser concluída em quatro meses, os serviços oferecidos no Cais serão transferidos para a UPA Novo Mundo e o Cais Amendoeiras.

Os 256 servidores do Cais foram remanejados para outras unidades, como a Upa Novo Mundo e o Cais Amendoeiras. Alguns médicos e técnicos de enfermagem vão para o Cais de Campinas.

Continua após a publicidade

UPA Porte II

O Cais Chácara do Governador será transformado em UPA de Porte 2, que tem como característica a capacidade para atendimentos de baixa e média complexidade, semelhante a UPA Novo Mundo entregue em setembro deste ano.

As outras duas UPAs existentes em Goiânia, a Itaipú e a Noroeste, são de Porte 3 com estrutura para atendimentos de média e alta complexidade