19 de julho de 2024
Debate

Caiado tem dia de agenda em Brasília para discutir reforma tributária e RRF com Fernando Haddad

Um dos assuntos tratados será a repactuação do RRF
Ronaldo Caiado. Foto: Fredy Uehara/LIDE)
Ronaldo Caiado. Foto: Fredy Uehara/LIDE)

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil) irá passar a quarta-feira (24/05), em Brasília em agenda intensa com temas sensíveis para o estado: pela manhã, encontra com outros gestores estaduais no Fórum Nacional de Governadores. À tarde, encontra com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT). Entre as pautas, está o Regime de Recuperação Fiscal (RRF) do Estado.

Na primeira agenda, além do Estatuto Oficial do Fórum, os governadores irão concentrar seus esforços em debater a Reforma Tributária que tem sido discutida no Congresso Nacional. Caiado tem criticado a forma como o assunto vem sendo conduzido e volta e meia dispara críticas.

Caiado pretende, junto com outros governadores, discutir um plano de repactuação do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), comprometido desde o ano passado, com a redução das alíquotas do ICMS sobre combustível, telecomunicações e energia. Os prejuízos na arrecadação podem chegar a R$ 5,5 bilhões apenas em 2023.

O governador terá companhia de outros colegas, como Cláudio Castro (PL do Rio de Janeiro), Eduardo Leite (PSDB, do Rio Grande do Sul) e Romeu Zema (Novo, de Minas Gerais). Todos os estados estão dentro do Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e sentem os impactos da medida. 

Caiado, chegou a criticar a medida de redução do ICMS recentemente. Em discursos, chegou a classificar a medida adotada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) como “medida pré-eleitoral”.


Leia mais sobre: Política

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.