28 de junho de 2022
Destaque • atualizado em 20/04/2020 às 12:02

Caiado diz que Goiás vive ‘novo normal’ e reafirma necessidade de isolamento social; assista

Caiado dará coletiva para explicar decreto. (Foto: Reprodução)
Caiado dará coletiva para explicar decreto. (Foto: Reprodução)

O governador Ronaldo Caiado afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (20) que o decreto mais recente sinaliza a entrada de Goiás numa situação classificada como ‘novo normal’. Foram flexibilizadas algumas atividades econômicas, como construção civil, mineração, salões de beleza e outros, mas grande parte do comércio continua fechada.

Mesmo as atividades liberadas precisarão seguir rigorosos parâmetros sanitários rotineiramente. “Significa uma nova prática, um novo momento, uma nova era. O vírus não senta para conversar, não dialoga. Como tal, não faz concessões a quem quer que seja”, explicou.

Caiado reiterou a necessidade de manter o isolamento social, mesmo com o abrandamento das medidas. O governador voltou a pedir para que as pessoas permaneçam em casa o maior tempo possível e disse que a saída da quarentena “será gradual”. “Tudo isso é muito bem programado e dentro de critérios pré-estabelecidos.”

Continua após a publicidade

O governador afirmou que o estado vive situação melhor que a esperada no cenário traçado para esse período de 30 dias. Mesmo assim, Caiado pediu que as pessoas não relaxem nas medidas sanitárias e no isolamento para manter a curva de contaminação sob controle.

O decreto que foi publicado neste domingo (19) libera atividades como construção civil, mineração, salões de beleza, concessionárias, oficinas, indústrias, entre outras, desde que sejam seguidas regras sanitárias e evite-se aglomerações. A lista completa e todas as recomendações estão disponíveis aqui.

Veja a entrevista, transmitida ao vivo pelo Diário de Goiás

Continua após a publicidade