14 de junho de 2024
Gestão • atualizado em 21/05/2024 às 09:44

Caiado anuncia novos titulares das secretarias da Economia e da Administração em Goiás

As mudanças no secretariado do Governo de Goiás foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (21)
Francisco Sérvulo Freire Nogueira e Alan Tavares assumem as pastas. (Fotos: Divulgação).
Francisco Sérvulo Freire Nogueira e Alan Tavares assumem as pastas. (Fotos: Divulgação).

O governador Ronaldo Caiado (UB) decidiu substituir a Secretaria da Economia, que estava sendo comandada por Selene Peres Nunes, que agora deixa a pasta que ocupava desde abril de 2023. Em seu lugar foi nomeado Francisco Sérvulo Freire Nogueira, atual secretário da Administração (Sead). As mudanças foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (21).

Com a mudança, quem assume a secretaria de Administração é o procurador do Estado Alan Tavares, membro do Conselho de Supervisão do Regime de Recuperação Fiscal do Estado de Goiás, criado pelo Ministério da Economia. Francisco Sérvulo estava na Sead desde janeiro deste ano, já Alan Tavares comandou a Casa Civil de julho de 2020 a dezembro de 2022.

Segundo divulgado pela CBN Goiânia, os desgastes se iniciaram após a divulgação por parte da secretaria da Economia de uma nota técnica, onde mostrava que o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), a Assembleia Legislativa (Alego), a Defensoria Pública e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) estouraram o teto de gastos definido pela lei do regime de recuperação fiscal.

A nota irritou os órgãos que vieram a público criticar a postura da secretaria. Em nota, a Alego garantiu que não rompeu o teto de gastos no exercício de 2023 e reafirmou o compromisso com o equilíbrio fiscal. Na sexta-feira (17), o governador Ronaldo Caiado negou que houvesse uma crise, dando a entender que a saída não estaria atrelada ao episódio.

Perfil dos novos secretários

Francisco Sérvulo foi secretário adjunto da Secretaria de Estado da Economia no Governo de Goiás. É mestre em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e em Ciência Política pela Universidade de Brasília (UnB).

É também especialista em Planejamento Estratégico e Desenvolvimento e em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), além de possuir especialização em Economia do Setor Público pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Alan Tavares é procurador do Estado desde 2006. Tem especialização em Direito Público, Direito Civil e Direito Processual Civil, tendo sido coordenador do Núcleo de Execução Fiscal da Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE), entre 2009 e 2011. Foi também procurador-chefe da Procuradoria Setorial da antiga Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), atualmente Secretaria de Estado da Economia, entre 2014 e 2015.


Leia mais sobre: / / / Geral / Notícias do Estado / Política

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019