15 de julho de 2024
Resultados

Caiado afirma que segurança pública do Estado atingiu “ponto de excelência”

O governador destacou ações da segurança que resultaram na queda dos índices de ocorrências nos primeiros três meses de 2023
Caiado parabenizou o trabalho das forças de segurança pública de Goiás. Foto: Hegon Corrêa
Caiado parabenizou o trabalho das forças de segurança pública de Goiás. Foto: Hegon Corrêa

O governador Ronaldo Caiado (UB) destacou a redução dos índices de criminalidade no Estado. O chefe do Executivo participou, nesta quinta-feira (27), de evento na Fundação Tiradentes. Na solenidade, as forças de segurança pública divulgaram os dados do balanço sobre as ações em Goiás, no primeiro trimestre de 2023.

O levantamento feito pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) demonstrou que houve redução das ocorrências em comparação com o mesmo período do ano passado. Assim sendo, os latrocínios, que são os roubos seguidos de mortes, tiveram queda de 66,7%. Do mesmo modo, nos homicídios dolosos, quando há a intenção de matar, a redução atingiu 8,2% no período analisado.

Conforme o governador Ronaldo Caiado, o destaque também vai para a quantidade de municípios goianos sem registros de assassinatos neste ano. Nesse sentido, das 246 cidades do Estado, apenas 160 tiveram ocorrências do tipo.

Como resultado, o governador parabenizou as ações das polícias do Estado e afirmou que atingiram “ponto de excelência”. “Em breve nossas polícias serão chamadas para dizer aos outros Estados da Federação como se faz segurança pública”, completou o chefe do Executivo.

Balanço

De acordo com o Observatório de Segurança Pública do Estado de Goiás, o número de crimes violentos contra o patrimônio ficou zerado em 126 cidades de Goiás. Os dados são coletados por meio do Sistema de Registro de Atendimento Integrado (Sistema RAI).

Do mesmo modo, nos primeiros três meses deste ano, a polícia cumpriu 1.631 mandados de prisão em Goiás, além de 6.822 prisões em flagrante. Ao todo, são 6.546 operações deflagradas. Sendo que, deste número, 58 quadrilhas desarticuladas, 1.251 armas de fogo apreendidas e 7.942 quilos de entorpecentes interceptados pelas forças de segurança.

Além disso, o roubo a instituições financeiras segue zerado desde o início da atual gestão do Estado, em 2019. Em conformidade, resgistrou-se queda nos índices de roubos de veículos (-32,3%), roubos a residência (-29,2%). Ademais, roubos a transeuntes (-25%), roubos em comércio (-16,4%), roubo de cargas (-55,2%) e roubos em propriedades rurais (-12,1%) também reduziram.

Conforme o secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Renato Brum, a divulgação dos dados positivos é uma prestação de contas. “Estamos prestando contas à sociedade deste trabalho integrado e com inteligência, que foi fundamental para agirmos de forma preventiva”, explicou.


Leia mais sobre: / / Política

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.