18 de abril de 2024
Famosos

Bruce Willis já não reconhece nem a própria mãe após avanço de doença; saiba detalhes

Ator foi diagnosticado com afasia, um distúrbio de linguagem que afeta a capacidade de comunicação da pessoa
O último trabalho rodado por Bruce Willis foi o thriller de ação e ficção científica "Assassin", que estreia neste mês. (Foto: divulgação)
O último trabalho rodado por Bruce Willis foi o thriller de ação e ficção científica "Assassin", que estreia neste mês. (Foto: divulgação)

A revista alemã Bild publicou, nesta terça-feira (28), que o ator Bruce Willis, de 67 anos, já não reconhece nem mais a sua própria mãe, Marlene Willis, de 86 anos. Que disse foi o primo do astro, Wilfried Gliem, que conversa com a mãe de Willis com frequência.

A mãe de Bruce Willis teria dito, ainda, que a doença tem progredido diariamente, manifestando inclusive momentos de agressividade do ex-ator, que anunciou sua aposentadoria no ano passado após ser diagnosticado com afasia. A doença é um distúrbio de linguagem que afeta a capacidade de comunicação da pessoa.

Apesar de parecer simples, acontece que há duas semanas familiares do ator, conhecido pelos filmes “Duro de Matar”, “O Sexto Sentido” e dezenas de outros trabalhos, informaram publicamente que a condição de Bruce Willis havia progredido para um quadro de demência frontotemporal. Este distúrbio, por sua vez, atinge os lobos frontais do cérebro, provocando alterações de personalidade, de comportamento e dificuldade para compreender e produzir a fala.

Últimos trabalhos de Bruce Willis

O último trabalho rodado por Bruce Willis foi o thriller de ação e ficção científica “Assassin”. Dirigido por Jesse Atlas, o longa chega aos cinemas americanos e em VOD (video on demand) no dia 31 de março. O longa acompanha um homem que morre em um experimento militar e um soldado das forças especiais que assume a missão de descobrir o responsável pela morte. Não há previsão de lançamento no Brasil.


Leia mais sobre: / Variedades

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.