logomarcadiariodegoias2017

O governo federal deu prazo até 4 de maio deste ano para 152,3 mil segurados que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez agendarem perícia médica pelo telefone 135.

A convocação faz parte do pente-fino nos benefícios por incapacidade do INSS, medida criada em 2016 pela gestão do presidente Michel Temer para reduzir gastos da Previdência.

A lista com os nomes dos convocados foi publicada na quinta-feira (12) no "Diário Oficial da União". O segurado que teve o seu nome publicado na lista e não marcar o exame pericial terá o pagamento suspenso.

A suspensão do benefício será de 60 dias. Se durante esse prazo o beneficiário não procurar o INSS, haverá o corte do auxílio ou da aposentadoria.

Foram chamados neste lote os beneficiários não encontrados por falha no endereço cadastrado no INSS ou aqueles que receberam uma carta de convocação, mas não agendaram a perícia médica.

São Paulo tem 27,7 mil pessoas listadas no novo edital do pente-fino. É o maior número de convocados por estado.

Na sequência estão Minas Gerais (18,3 mil), Rio de Janeiro (13,9 mil) e Rio Grande do Sul (13,4 mil).

A maioria dos segurados com risco de corte do benefício nesta etapa é de aposentados por invalidez (118,4 mil).

Fim do prazo

No dia 23 de março, o governo havia convocado 94 mil beneficiários de auxílios doença e aposentadorias por invalidez.

Desse total, apenas 10,2 mil agendaram a perícia até o dia 10 de abril. O prazo para que esses convocados marquem a perícia pelo 135 termina nesta sexta (13).

Saiba o que fazer

  • O beneficiário com o nome na lista de convocados do pente-fino deve telefonar para o número 135;
  • A ligação de telefone fixo ou público é gratuita e pode ser realizada de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h;
  • Agende a perícia: quando ligar para o 135, o segurado deve agendar uma perícia médica.

Mais 60 dias:

  • Depois que o benefício é suspenso, o segurado ainda tem 60 dias para tentar recuperá-lo;
  • Durante esse período, o valor liberado pelo INSS fica bloqueado para saque pelo beneficiário;
  • Quando for ao banco para retirar o dinheiro, uma mensagem irá avisar sobre a suspensão;
  • Para desbloquear o saque, o segurado precisará ligar para o 135 e marcar a sua perícia.

Prepare-se:

  • Ao passar pela perícia, o beneficiário precisará comprovar que está em tratamento médico;
  • É importante levar, no dia do exame, laudos médicos e exames recentes.

Cancelamento:

  • O INSS irá cancelar o benefício de quem não marcar a perícia em até 60 dias após o prazo final da convocação para o pente-fino.

Idosos:

  • Aposentados por invalidez com mais de 60 anos ou mais não precisam passar pelo pente-fino e, consequentemente, não podem ter o benefício cortado por esse motivo.

(Folhapress)

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH