logomarcadiariodegoias2017

alexandre baldy foto facebook.jpg

O ministro Alexandre Baldy (PP) concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (2), em Anápolis, durante inauguração da ampliação do Hospital de Urgências (Huana), mas não quis falar muito sobre política. Questionado sobre a continuidade à frente do Ministério das Cidades ou se concorrerá à reeleição a deputado federal, Baldy não confirmou.

“Estamos nessa inauguração hoje focados no trabalho do Ministério, ao lado do governador Marconi Perillo, do prefeito Roberto. Esse é o nosso objetivo, conseguir trazer recursos, obras e serviços para Anápolis, para o estado de Goiás. Até dia 7 [de abril] todas essas articulações, todas essas posições são discutidas e dialogadas, que com certeza até o momento que estamos ministro temos que ter focar para o trabalho em ajudar o estado de Goiás, nossa cidade de Anápolis”, afirmou.

Em relação às pretensões do PP nas eleições de 2018, o ministro informou que a sigla terá chapas para o âmbito estadual e federa, além de discutir a possibilidade de um nome para compor a chapa majoritária. “Com certeza terá chapa forte para estadual, para deputado federal e estará, sim, compondo uma chapa com um nome para majoritária”.

Base aliada

Além disso, Alexandre Baldy destacou que o PP continuará na base aliada até o final do mandato de Marconi Perillo, que será passado para o vice-governador José Eliton, devido ao pacto firmado em 2014.

“Na base do governo Marconi Perillo, nós temos a obrigação de estar com ele até 31 de dezembro de 2018, porque reafirmamos em 2014 esse compromisso de que precisamos ajudar o governo a concluir esse mandato e que as eleições durante este ano serão uma discussão e objeto de colocação para que a gente possa ter, claro, o que for melhor para os goianos e para Goiás”, concluiu. 

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH