23 de julho de 2024
Saúde

Brasil tem doses para vacinar apenas 2,5 milhões de pessoas contra a dengue

Informação foi dada pela ministra da Saúde, Nísia Trindade
Atualmente o ministério tem 5 milhões de doses, que imuniza apenas 1,1% da população brasileira. (Foto: reprodução)
Atualmente o ministério tem 5 milhões de doses, que imuniza apenas 1,1% da população brasileira. (Foto: reprodução)

Participando do encontro anual do Fórum Econômico Mundial em Davos, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirmou nesta quarta (17) que é necessário aumentar a produção da vacina contra a dengue no Brasil. Isso por que, atualmente, o SUS tem 5 milhões de doses, o permitiria a imunização 2,5 milhões de pessoas, o que representa apenas 1,1% da população.

O que preocupa é que essa quantidade não chega nem perto da quantidade de pessoas que estão na faixa etária priorizada, de 6 a 16 anos, que somam 30,5 milhões no país, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Enquanto isso, Nísia afirmou que ainda não está fechado como vai ser a vacinação no Brasil, é possível que seja, além da faixa etária, levado em conta o município onde vivem a pessoa. “Depende da faixa etária, mas também do estado ou município mais afetado. Nós vamos estar olhando faixa etária, disponibilidade de vacinas, porque são precisas 10 milhões de doses mais ou menos para vacinar essa população”, garantiu em entrevista.

“Incorporamos essa tecnologia, foi uma decisão pioneira num sistema público, mas o laboratório tem uma disponibilidade limitada de doses”, continuou a ministra, porém, sem muitas mais informações. O que se sabe, além disso, é que a imunização está prevista para começar em fevereiro e o entrave é disponibilidade, não orçamento.

Leia também: Casos de dengue caem 66,3% em Goiânia, aponta Boletim Epidemiológico da SMS


Leia mais sobre: Brasil

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.