20 de maio de 2024
Juntos pelo RS

Bombeiros de Goiás disponibilizam pontos de coleta de doações para o RS; saiba os locais

A demanda maior é por cobertores, colchões, alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal
O governador Ronaldo Caiado visitou o gabinete de crise dos bombeiros de Goiás. Foto: CBMGO
O governador Ronaldo Caiado visitou o gabinete de crise dos bombeiros de Goiás. Foto: CBMGO

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) convocou a mobilização dos goianos para ajudar a população do Rio Grande do Sul (RS), que enfrenta estado de calamidade pública com alagamentos e enchentes devido às fortes chuvas. Os bombeiros vão disponibilizar diversos pontos de coleta de doações para as vítimas do RS, em todo o estado.

As doações serão recebidas em qualquer quartel do Corpo de Bombeiros de Goiás. Conforme a organização, a demanda maior é por kits dormitórios, itens como travesseiros, cobertores, lençóis e travesseiros; alimentos não perecíveis, e itens de higiene pessoal.

Para mais informações sobre como ajudar ou para encontrar o posto de coleta de doações mais próximo, os interessados podem entrar em contato com a Defesa Civil Estadual nos telefones: 62 3201-2204 ou 62 9 9972-5926.

Saiba o que doar

Alguns itens são de maior demanda no momento, necessários para a higiene das famílias e para as acomodações daqueles que perderam tudo nas enchentes. Nos kit dormitórios são necessários lençol, travesseiro, fronha e mosquiteiro, além de colchões e cobertores, ambos novos e embalados. Também poderão ser doadas cestas básicas contendo alimentos crus, como arroz, feijão, cuscuz, macarrão, café, açúcar; além de enlatados; líquidos, como óleos de soja e bolachas ou biscoitos.

Já nos kits de higiene, a prioridade é para creme dental, escova de dente, sabonete, shampoo, condicionador, papel higiênico, absorventes entre outros. Além dos materiais de limpeza, que incluem sabão em barra, sabão em pó, detergente, desinfetante, esponja de aço, rodo, vassoura e bucha para banho.

Gabinete de crise em Goiás

O comandante-Geral do CBMGO e presidente da Ligabom, Coronel Washington Luiz Vaz Júnior, lidera as operações com a sede centralizada em Goiás, coordenando esforços em todo o país para fornecer assistência rápida e eficaz aos afetados pela tragédia no RS. Nesta segunda-feira (6), o gabinete foi visitado pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), que conheceu de perto as operações em andamento e a sala de monitoramento de desastre.

Além do gabinete montado em Goiás, por determinação do governador Ronaldo Caiado, na última sexta (3), equipes dos bombeiros saíram de Goiânia para ajudar na missão de resgate às vítimas. Ao todo, são 21 militares, cinco caminhonetes, um caminhão, quatro embarcações, quatro cães, além de drones para auxiliar.


Leia mais sobre: / / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.