19 de junho de 2024
Fake News

Bolsonaro posta vídeo que insinua fraude na eleição e em seguida apaga mensagem

A publicação do vídeo viralizou rapidamente nas redes sociais, mas no começo da madrugada desta quarta-feira (11), o post foi apagado
Ex-presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução)
Ex-presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) compartilhou na noite desta terça-feira (10) nas redes sociais, um vídeo em que insinua fraude eleitoral e questiona o resultado das urnas com a vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na mensagem, o ex-presidente afirma que Lula não foi eleito pelo povo.

A publicação do vídeo viralizou rapidamente nas redes sociais, mas no começo da madrugada desta quarta-feira (11), o post foi apagado.

O vídeo trata-se da primeira manifestação de Bolsonaro em defesa da tese de fraude eleitoral após os atos antidemocráticos do último domingo (8) em Brasília. Informações obtidas pela imprensa, é que a publicação se trata do trecho de uma entrevista de Felipe Gimenez, procurador do estado do Mato Grosso do Sul e bolsonarista.

A primeira publicação do vídeo foi feita uma moradora da Bahia, que se diz bolsonarista. O recorte mostra a legenda “Lula não foi eleito pelo povo, ele foi escolhido e eleito pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”.

Print do vídeo antes de ser apagado. Imagem – Rede social

Lula venceu as eleições no segundo turno em 30 de outubro de 2022, com 60.345.999 votos, representando 50,9% dos votos válidos. O ex-presidente Jair Bolsonaro teve 58.206.354 votos, ou 49,1%. 

Portanto, não há indícios e nem provas que comprovem fraudes nas eleições de 2022. As urnas eletrônicas são consideradas seguras e passaram todas por auditorias. Nunca houve registro de fraude desde a adoção do voto eletrônico, em 1996.  


Leia mais sobre: / / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.