17 de agosto de 2022
Possibilidades

Bolsonaro diz que encontro com Biden pode ser recomeço na relação bilateral

Encontro que deverá acontecer na Cúpula das Américas poderá simbolizar um recomeço na relação entre os países
Cúpula das Américas será o primeiro evento em que Bolsonaro e Biden se encontrarão após posse do presidente estadunidense. Foto: Reprodução
Cúpula das Américas será o primeiro evento em que Bolsonaro e Biden se encontrarão após posse do presidente estadunidense. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 7, que o encontro com o presidente americano, Joe Biden, na Cúpula das Américas será um “recomeço na relação bilateral”.

Questionado em entrevista ao SBT News se o encontro seria um recomeço, Bolsonaro confirmou, mas ponderou que tudo “depende do que acontecer”. “Ele não vai, no meu entender, querer impor algo que eu deva fazer na Amazônia. Eu acho que ele me conhece, conhece mais do que a mim, conhece a região. Não podemos relativizar a nossa soberania”, afirmou.

“Cúpula é um evento que sem o Brasil é bastante esvaziado. Terei uma reunião bilateral por 30 minutos com Biden, não sei o que ele vai falar de lá para cá, se entrar na questão ambiental já sei como proceder. Vários países querem relativizar a soberania da Amazônia, como se aquilo fosse algo do mundo, e não é assim. Então não entra na discussão”, afirmou o chefe do Executivo, que defendeu “equipar as Forças Armadas” para “exercer um certo poder de dissuasão” sobre outros países “populosos” interessados na Amazônia.

Continua após a publicidade

De acordo com Bolsonaro, há brasileiros que “votaram mais de uma vez” nas eleições americanas, mas isso não será discutido no encontro com Biden. Ele também negou que vá participar do Congresso Conservador da Flórida, que acontecerá no mesmo momento em que estará nos Estados Unidos.

Desaparecimento

Sobre o desaparecimento de um jornalista inglês e um indigenista na Amazônia, Bolsonaro disse que “apenas duas pessoas” viajarem em um barco na região é uma “aventura que não é recomendada que se faça”. “Tudo pode acontecer: pode ser um acidente, pode ser que tenham sido executados. A gente espera e pede a Deus que sejam encontrados brevemente”.

Continua após a publicidade

Vice

Em relação às eleições nacionais, Bolsonaro voltou a dizer que seu vice já está definido. “Quando você expõe uma pessoa, passa a ser alvo. Vão começar a metralhar essa pessoa. Já está definido. Só digo que essa pessoa nasceu em Minas Gerais”, afirmou. O principal cotado para o posto é o general Braga Netto, que é mineiro. (Por Eduardo Gayer, Giordanna Neves e Matheus de Souza/Estadão Conteúdo)