26 de maio de 2022
Brasil

Bolsonaro decreta luto oficial por morte de Olavo de Carvalho

Bolsonaro teve Olavo de Carvalho como 'guru intelectual' (Foto: Alan Santos/PR)
Bolsonaro teve Olavo de Carvalho como 'guru intelectual' (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial de um dia pela morte de Olavo de Carvalho, considerado o guru do bolsonarismo. O decreto consta em edição extra do Diário Oficial da União publicada nesta terça, 25.

Até hoje, Bolsonaro tinha decretado apenas um luto oficial, em referência à morte do ex-vice-presidente da República Marco Maciel, ocorrida em 12 de junho de 2021, por um período de três dias. Outras mortes recentes, como de Elza Soares, considerada a cantora do milênio, não foram declaradas como luto oficial.

Bolsonaro já havia manifestado seu pesar durante a madrugada pela morte de Olavo de Carvalho, ocorrida na noite desta segunda, 24. Além disso, o governo federal emitiu nota em que chamou o escritor de “intransigente defensor da liberdade”.

Continua após a publicidade

O guru do bolsonarismo morreu na noite de ontem aos 74 anos. Ele estava internado em um hospital nos Estados Unidos e não teve a causa da morte divulgada. No dia 15 de janeiro, a equipe do escritor – crítico das vacinas contra o novo coronavírus – anunciou um diagnóstico de covid-19. (Por Eduardo Gayer/Estadão Conteúdo)

Leia mais sobre:
Brasil