22 de maio de 2024
Ataques

Bolsonaro: Cara assina carta a democracia [Lula], mas sempre apoiou ditaduras

O presidente também disse que o Brasil está cada vez mais pintado de "verde e amarelo", "pelo patriotismo"
Bolsonaro ainda repetiu que está confirmada sua entrevista ao Jornal Nacional, marcada para o dia 22 de agosto. (Foto: Reprodução/TV Brasil)
Bolsonaro ainda repetiu que está confirmada sua entrevista ao Jornal Nacional, marcada para o dia 22 de agosto. (Foto: Reprodução/TV Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a alegar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em entrevista ao podcast Cara a Tapa, do jornalista Rica Perrone, apoiou ditaduras, apesar de ter assinado “carta à democracia”.

Na última quinta-feira (11), foram lidas duas cartas a favor da democracia, planejadas pela sociedade civil para fazer um contraponto aos ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas.

“Você não nega o apoio da esquerda por ditaduras pelo mundo todo O cara assina uma carta à democracia, mas sempre foi amigo Chávez, Maduro, Fidel Castro, Evo Morales, Mujica, Bachelet, Kim Jong-Un,” disse Bolsonaro durante a entrevista realizada na manhã deste sábado.

O presidente também disse que o Brasil está cada vez mais pintado de “verde e amarelo”, “pelo patriotismo”.

Bolsonaro ainda repetiu que está confirmada sua entrevista ao Jornal Nacional, marcada para o dia 22 de agosto. Mas também voltou a questionar qual será o comportamento da emissora em relação às perguntas. “Mas vamos mostrar o que eu enfrente nesses anos: pandemia, crise hídrica, Brumadinho.” (Estadão Conteúdo).


Leia mais sobre: / / Brasil