15 de julho de 2024
Protesto • atualizado em 31/10/2022 às 15:21

Bolsonaristas protestam em frente ao quartel do Exército, em Goiânia

Através de vídeos divulgados nas redes sociais é possível ouvir gritos pedindo 'intervenção militar'
Manifestantes queimam pneus em frente ao quartel do Exército, em Goiânia. (Foto: Reprodução)
Manifestantes queimam pneus em frente ao quartel do Exército, em Goiânia. (Foto: Reprodução)

As manifestações de bolsonaristas que começaram desde o fim da apuração de votos do segundo turno, na noite deste domingo (30), ainda continuam. Na tarde desta segunda-feira (31), apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), protestam em frente ao quartel do Exército, no Jardim Guanabara, em Goiânia contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Motoristas que passaram pelo local, gravaram vídeos onde mostram aglomerações de pessoas com camisetas da seleção brasileira. De acordo com Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), os manifestantes estão queimando pneus e bloqueando a rua que dá acesso ao quartel.

No momento equipes da Polícia Militar e da SMM acompanham a manifestação. Ainda através de vídeos divulgados, é possível ouvir gritos pedindo intervenção militar.

Protestos após segundo turno

Inconformados com a vitória do petista, apoiadores do presidente Bolsonaro promovem atos por outras cidades goianas. Desde a noite deste domingo até a manhã de hoje, manifestantes interditaram a BR-060 no sentido Goiânia / Anápolis.

Outras cidades como Jataí, Itumbiara, Luziânia, Cristalina também tiveram trechos de rodovias bloqueadas. Em nota, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que está tentando negociação com os ocupantes. De acordo com a corporação eles estão queimando pneus para bloquear as vias.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.