18 de agosto de 2022
Economia

BNDES suspende cobrança de empréstimos por 6 meses

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O BNDES anunciou neste domingo (22) um pacote de medidas que vai injetar R$ 55 bilhões na economia brasileira. A principal delas é a suspensão de cobrança de empréstimos por seis meses em razão da pandemia de coronavírus.

Conforme detalhado pelo presidente Gustavo Montezano em teleconferência, serão atendidos os setores de Petróleo e Gás, Aeroportos, Portos, Energia, Transporte, Mobilidade Urbana, Saúde, Indústria e Comércio e Serviços, num total de R$ 30 bilhões, sendo R$ 19 bilhões para as operações diretas e R$ 11 bilhões para indiretas.

Outra medida é a transferência de R$ 20 bilhões do PIS/Pasep para o FGTS, além de apoio às micro, pequenas e médias empresas de todo o país.

Continua após a publicidade

Segundo o banco, a prioridade é direcionar dinheiro para mitigar os impactos econômicos e evitar fechamento de empresas e de postos de trabalho. 150 mil empresas, que têm 2 milhões de funcionários, serão beneficiadas.

Leia mais sobre:
Economia