10 de agosto de 2022
Esportes

Barcelona e Real Madrid empatam em primeiro jogo da maratona de clássicos

Foto: Divulgação Barcelona
Foto: Divulgação Barcelona

No primeiro de três clássicos que farão no intervalo de um mês, Barcelona e Real Madrid empataram nesta quarta-feira (6) em 1 a 1, no Camp Nou, na partida de ida das semifinais da Copa do Rei.

Continua após a publicidade

Apesar da igualdade no placar, o Real pode comemorar a atuação na Catalunha. Afinal, na última vez que visitou a casa do rival, foi goleado por 5 a 1, com Messi assistindo das arquibancadas, massacre que causou a demissão do técnico Julen Lopetegui.

Santiago Solari, ex-treinador do time B, assumiu como substituto e conseguiu subir o nível da equipe, que venceu sob seu comando o Mundial de Clubes em dezembro.

No primeiro tempo, seu time poderia ter produzido vantagem ainda maior caso Vinicius Junior, estreante em clássicos contra o Barcelona, tivesse escolhido melhor ou caprichado mais em algumas jogadas perto da área.

Continua após a publicidade

Apesar disso, mostrou personalidade e travou bom duelo com o lateral direito do Barça, Nélson Semedo, participando inclusive do gol que inaugurou o placar.

O brasileiro cruzou da esquerda e encontrou Benzema nas costas de Jordi Alba, que não alcançou a bola.

O francês dominou, tocou para o meio da pequena área e Lucas Vásquez se antecipou a Lenglet para fazer 1 a 0, aos 6 minutos de partida.

Nenhum jogador participou de mais gols na Copa do Rei do que Vinicius Junior até o momento. São seis assistências diretas, além de dois gols marcados por ele.

O Barcelona teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguiu traduzir esse domínio em oportunidades e finalizou menos na meta que o adversário (dois chutes a um a favor do Real).

A derrota momentânea motivou, com apenas alguns minutos do segundo tempo, os pedidos da torcida do Barça por Lionel Messi, que começou o jogo no banco.
Mas foi justamente dos pés de seu substituto na equipe titular, Malcom, que saiu o gol de empate.

Jordi Alba foi lançado em profundidade e Keylor Navas saiu para cortar. A bola sobrou para Luis Suárez, que chutou de fora da área, na trave. No rebote, o atacante brasileiro aproveitou que Navas ainda estava fora do gol e chutou, contando com leve desvio em Carbajal antes da bola entrar, aos 13 min.

Logo depois, Ernesto Valverde colocou Messi em campo no lugar de Philippe Coutinho, de atuação muito apagada. A entrada do argentino, apesar de maior pressão do Barcelona, não foi suficiente para a virada.

As duas equipes voltam a se enfrentar pela Copa do Rei no próximo dia 27, no Santiago Bernabéu, em Madri. Será o segundo confronto neste mês antes de se verem novamente, dessa vez pelo segundo turno do Campeonato Espanhol, dia 3 de março, novamente na capital do país.