13 de abril de 2024
Urgente! • atualizado em 09/11/2022 às 16:35

Banco de Sangue do Hospital Araújo Jorge precisa de doação de sangue e plaquetas

A maior necessidade é por sangue dos tipos A- e O-, e plaquetas. Saiba como ser um doador e ajudar a salvar vidas de pacientes em tratamento oncológico
As doações podem ser feitas de segunda a sexta, das 7 às 17h. Foto: HAJ
As doações podem ser feitas de segunda a sexta, das 7 às 17h. Foto: HAJ

O Banco de Sangue do Hospital Araújo Jorge (HAJ), referência no tratamento do câncer no Centro-Oeste, precisa de doadores de sangue, especialmente dos tipos A-, O- e plaquetas. O Hospital utiliza as bolsas de sangue e plaquetas diariamente, para pacientes que realizam procedimentos cirúrgicos, que precisam de transplante de medula óssea ou que estão se submentendo a quimioterapia e radioterapia. No momento, a situação dos estoques é crítica.

Os pacientes em tratamento oncológico necessitam de transfusão de sangue com maior recorrência. O transplante de medula óssea e a quimioterapia, tratamentos comuns contra o câncer, acabam por causar deficiência nas plaquetas, que são elementos do sangue que atuam na coagulação sanguínea.

De acordo com os dados do Hospital, uma em cada cinco pessoas que são internadas necessitarão de transfusão de sangue em algum momento da internação. Em muitos casos, se o indivíduo não receber a doação, pode não superar o tratamento.

Como ser um doador

Para se tornar um doador, inicialmente, é preciso realizar um cadastro, que passa pelas fases de identificação, em que são solicitados documentos pessoais, depois uma triagem, para verificar os sinais vitais, estado de saúde e identificar um possível anemia, e por fim, a entrevista, para saber o histórico médico, hábitos de vida, e saber se o candidato é apto a ser doador.

Após o cadastro, o candidato apto já pode doar. A coleta é realizada de forma segura, com retirada de aproximadamente 450ml de sangue. Ao final do procedimento, o doador recebe água e lanche. Todo o processo dura em média 40 minutos.

É importante ressaltar que o doador que realizar o cadastro não é obrigado a doar novamente, somente quando quiser. Os requisitos pós-doação também são tranquilos: aguardar ao menos 30 minutos para dirigir, não realizar exercícios físicos intensos, não exercer força no braço da doação e não fumar por 2 horas.

Onde doar

O Banco de Sangue do HAJ recebe doações de qualquer tipo de sangue, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, na Rua 239, n º 206, Setor Universitário. Para maiores informações, entre em contato pelo telefone (62) 3243-7031 ou acesse o site do Banco de Sangue HAJ.


Leia mais sobre: / Goiânia

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.