28 de maio de 2024
Assembleia • atualizado em 27/12/2022 às 14:55

Aumento de salário aprovado em Brasília deve ter impacto na Alego

Projeto que passou na Câmara abre espaço para que deputados estaduais também tenham seus subsídios reajustados
Plenário da Alego, que deve votar aumento do salário de deputados estaduais na próxima semana (Foto: Valdir Araújo/Alego)
Plenário da Alego, que deve votar aumento do salário de deputados estaduais na próxima semana (Foto: Valdir Araújo/Alego)

Com o aumento dos salários de presidente, vice, senadores e deputados federais aprovado pela Câmara, em Brasília, os deputados estaduais em Goiás também devem ter seus subsídios reajustados.

De acordo com a Lei nº 17.253, de 2011, o salário dos deputados estaduais em Goiás, tecnicamente chamado de subsídio, é fixado em 75% do valor recebido pelos deputados federais.

No momento, os deputados federais têm salário de R$ 33.763,00. O texto que passou na Câmara determina um aumento escalonado, previsto para chegar a R$ 46.366,19 em 1º de fevereiro de 2025.

Antes disso, ocorrerão três aumentos graduais: em 1º de janeiro de 2023 (R$ 39.293,32), em 1º de abril de 2023 (R$ 41.650,92) e em 1º de fevereiro de 2024 (R$ 44.008,52).

Dessa forma, tendo como referência os 75% previstos em lei e as respectivas datas, os salários dos deputados estaduais em Goiás, atualmente em R$ 25.322,25, podem aumentar para R$ 29.469,99, R$ 31.238,19, R$ 33.006,39 e, por fim, R$ 34.774,64.

Veja as tabelas abaixo:

Salário dos deputados federais, conforme projeto aprovado na Câmara

DataValor
AtualmenteR$ 33.763,00
1º de janeiro de 2023R$ 39.293,32
1º de abril de 2023R$ 41.650,92
1º de fevereiro de 2024R$ 44.008,52
1º de fevereiro de 2025R$ 46.366,19

Aumento previsto para o salário dos deputados estaduais em Goiás

DataValor
AtualmenteR$ 25.322,25
1º de janeiro de 2023R$ 29.469,99
1º de abril de 2023R$ 31.238,19
1º de fevereiro de 2024R$ 33.006,39
1º de fevereiro de 2025R$ 34.774,64

Existe a expectativa de convocação de uma sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) para terça-feira (27/12) com o objetivo de votar o aumento para os deputados estaduais, segundo o jornal O Popular.

O salário do governador, que recebe R$ 27.597,83, também pode aumentar na mesma proporção, chegando a até R$ R$ 37.891,80, bem como o do vice-governador e de secretários estaduais, passando dos atuais R$ 22.077,44 para R$ 27.819,70.


Leia mais sobre: / / / / Política