08 de agosto de 2022
Aparecida de Goiânia

Aulas recomeçam de forma remota para 48 mil alunos da rede municipal de Aparecida de Goiânia

Estudantes permanecerão com atividades em casa. (Foto: Rodrigo Estrela)
Estudantes permanecerão com atividades em casa. (Foto: Rodrigo Estrela)

Começa nesta segunda-feira (3) o segundo semestre letivo para 48 mil alunos da rede municipal de educação de Aparecida de Goiânia. Por conta das restrições para conter a Covid-19, o regime de aulas segue de forma remota. A manutenção do ensino a distância segue resolução do Conselho Estadual de Educação, que ampliou a suspensão das aulas presenciais até o fim de agosto.

“Apesar de desejarmos muito que nossa rotina escolar seja retomada, entendemos que, neste momento, a decisão mais segura para toda a comunidade escolar é a manutenção das aulas não presenciais, evitando, com isso, a circulação de nossos alunos e diminuindo os riscos de contágio”, ponderou o secretário de Educação, Wanderlan Luiz Renovato.

O Regime Especial de Aulas Não Presenciais na Rede Municipal de Ensino de Aparecida (Reanp) foi estabelecido de acordo com resolução normativa Conselho Municipal de Educação, publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município em 31 de março. No texto, constam orientações de natureza técnico-pedagógicas para a execução das atividades não presenciais voltadas para a comunidade escolar. 

Continua após a publicidade

O modalidade foi uma alternativa encontrada para minimizar os prejuízos causados pelo isolamento social e inclui alunos desde a Educação Infantil (compreendendo crianças dos Agrupamentos de I ao V) ao Ensino Fundamental I e II, que são compostos dos estudantes que estão matriculados de 1º ao 9º ano. O texto também instrui sobre como deve ser feito o atendimento aos alunos que são público alvo da Educação Especial.

De acordo com a Coordenadoria de Ensino e Aprendizagem, assim como foi realizado no primeiro semestre, nesta nova etapa os procedimentos serão mantidos como parte da metodologia. Isso significa que os alunos continuarão recebendo o material pedagógico para estudo pela internet e os professores fornecerão orientações por meio de canais de comunicação como, por exemplo, e-mails e grupos de WhatsApp. 

Já no caso das famílias que, por alguma razão, não dispuserem de condições de acesso online, os pais irão retirar as atividades diretamente na escola em que a criança estiver matriculada, devendo, para isso, agendar dia e hora, dentro do horário regular de funcionamento das unidades escolares, para a retirada do material.

Continua após a publicidade

A novidade para esta nova etapa é que, com vista a dinamizar e nortear a prática docente, a Semect elaborou um rol de atividades que serão disponibilizadas aos professores em espaços virtuais específicos. O material de suporte contempla as disciplinas do currículo e foi construído com base no Documento Curricular para Goiás, que é o DC-GO Ampliado. 

“O recurso pedagógico foi produzido para atender demandas que partiram dos próprios professores que, ao avaliarem a execução do Reanp no final do primeiro semestre, concluíram ser importante ter um material produzido pela Secretaria de Educação que pudesse contribuir com o desenvolvimento das aulas remotas”, justifica a coordenadora de Ensino e Aprendizagem, Aline Caixeta, acrescentando que, para atender à solicitação desses profissionais, a equipe técnica da Semect produziu atividades em formato específico para ser compartilhado pelos professores diretamente nos grupos de WhatsApp de alunos e pais de alunos.  

As aulas começam nesta semana, mas as atividades referentes ao segundo semestre, na prática, foram iniciadas no último dia 31, quando os servidores das unidades educacionais participaram de reuniões virtuais para elaborar o Planejamento Institucional e Educacional. O encontro serviu também para que os grupos gestores pudessem repassar informações para suas respectivas equipes de trabalho e alinhar as ações que serão desenvolvidas a partir de agosto.