26 de maio de 2022
Anápolis

Aulas em Anápolis voltam em formato 100% presencial

Aulas em Anápolis voltam em formato 100% presencial. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Anápolis)
Aulas em Anápolis voltam em formato 100% presencial. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Anápolis)

As aulas na Rede Municipal de Educação de Anápolis começam nesta segunda-feira (24). A novidade é que todos os estudantes devem retornar presencialmente à sala de aula pela primeira vez desde a primeira suspensão das atividades, em março de 2020.

Ao todo, são 107 unidades de ensino, além do Centro Municipal de Apoio às Diversidades (Cemad). A rede tem cerca de 37 mil alunos, dos quais, pelo menos, 36 mil são esperados no primeiro dia de aula.

Os professores participaram recentemente da Semana Pedagógica, em que se discutiu assuntos como Protocolo de Biossegurança, matriz curricular e planos de ação que serão desenvolvidos durante o ano.

Continua após a publicidade

Segundo a secretária de Educação, Eerizania de Freitas, em caso de surtos de covid-19, as aulas serão suspensas apenas na turma onde a contaminação ocorreu e não em toda a unidade escolar, como acontecia antes.

Outra novidade é que um Núcleo de Alfabetização foi criado para acompanhar os estudantes dos 1º e 2º anos por meio de um sistema de avaliação contínua e diagnóstica.

Na última semana, a prefeitura de Anápolis liberou recurso de R$ 900 mil para as unidades de ensino pelo Programa de Autonomia das Instituições Educacionais (Pafie). Com o investimento, as unidades poderão adquirir Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), materiais sanitizantes e realizar manutenções. Os professores também participaram de formação pedagógica, que apresentou a nova matriz curricular e o calendário anual, além de elaborarem o planejamento de acordo com as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Continua após a publicidade

A plataforma Educa Anápolis também será muito importante nesse processo, pois além de complementar a aprendizagem dos estudantes que podem utilizá-la no contraturno escolar com conteúdos simultâneos às atividades desenvolvidas em sala de aula, ele também realizará avaliações diagnósticas e formativas, de forma contínua, para que estratégias sejam adotadas em todo o processo de evolução da aprendizagem dos estudantes do ensino fundamental.

Visando diminuir os impactos causados pela pandemia da Covid-19, principalmente para os alunos das séries iniciais com foco na alfabetização, a Secretaria Municipal de Educação ampliou e fortaleceu o Núcleo de Alfabetização composto por profissionais especialistas. “O Núcleo de Alfabetização tem a proposta de acompanhar os estudantes de 1º e 2º ano, por meio de um sistema de avaliação contínua e diagnóstica, propondo ações que visam sanar as dificuldades apresentadas pelo estudante considerando sua individualidade”, ressalta a secretária de Educação.