25 de junho de 2024
Política

Áudio: “Eu não coloquei o meu mandato a serviço de Cachoeira”, disse Demóstenes

Demóstenes Torres ocupou a tribuna do Senado, nesta segunda, 2, para fazer a defesa dele em relação às acusações da Comissão de Ética que aprovou a cassação do mandato dele. E chegou a pedir perdão aos senadores. O pronunciamento aconteceu enquanto é iminente a análise do processo de cassação que está sob análise da Comissão de Constituição e Justiça.

Em discurso escrito, lido com ênfase e tonalidade sem exageros, o senador repetiu uma série de negativas. “Eu não pedí para pagar frete de aeronave”, “eu não coloquei o meu mandato a serviço de Cachoeira”, foram duas das várias defesas.

Ele informou que uma perícia feita a pedido do advogado que há uma perícia sem açodamento. E colocou sob dúvida o fato de que apenas uma pequena parcela das gravações feitas pela Polícia Federal foram degravadas. E denunciou, mais uma vez, supostas montagens.

Demóstenes Torres fez uma insistente reclamação sobre a repercussão do caso nas redes sociais. Ele reclamou de “50 ofensas por segundo”.

 Pronunciamento do senador Demóstenes Torres – Parte 1

images/stories/audio/PronunciamentoDemostenes020712.mp3

Pronunciamento do senador Demóstenes – Parte 2

images/stories/audio/PronunciamentoDemostenes020712parte2.mp3


Leia mais sobre: Política

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .