logomarcadiariodegoias2017

Foto: Reprodução Facebook
naldo benny foto facebook
Cerca de uma semana após ser preso por porte ilegal de arma e agressão, o cantor Naldo Benny entrou para um retiro espiritual em Belo Horizonte, Minas Gerais. O local, que pertence à Igreja Batista da Lagoinha, no mesmo local que Guilherme de Pádua, se tornou pastor, 25 anos após ter assassinado a atriz Daniella Perez.

A prisão

Naldo Benny foi preso no dia 6 de dezembro por posse ilegal de arma e por lesão corporal, ameaça e injúria contra sua mulher, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho. Segundo a polícia, Naldo responde como autor em inquérito policial por lesão corporal, ameaça e injúria contra sua mulher. O cantor foi liberado no mesmo dia após pagamento de fiança, que não teve o valor revelado.

Guilherme de Pádua

Em 1992, Pádua e a ex-mulher, Paula Thomaz, armaram uma emboscada para atriz Daniella Perez, filha de Glória Perez, e a mataram com tesouradas. O casal foi condenado por homicídio qualificado depois de cinco anos. 

Guilherme se tornou pastor no início dessa semana em Belo Horizonte, cidade onde reside. O assassino se converteu à religião em 2002, um ano depois de sair da prisão.

Leia Mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

Coletiva com Leonardo Vilela sobre saúde de Goiânia
Coletiva com Leonardo Vilela sobre saúde de Goiânia
Leia mais no www.diariodegoias.com.br

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH