27 de maio de 2022
Atlético Goianiense

Atlético depende do departamento médico, para definir escalação do clássico

Médico Eduardo Duarte - Atlético. (Foto: Juliano Moreira)
Médico Eduardo Duarte - Atlético. (Foto: Juliano Moreira)

Buscando esquecer a derrota para o Anápolis, o Atlético já volta suas atenções para o clássico contra o Goiás no sábado (12), no Estádio Serra Dourada, pela 10ª Rodada do Campeonato Goiano.

Continua após a publicidade

O técnico Wagner Lopes vai depender muito do departamento médico para definir sua escalação. Metade do time rubro negro ficou entregue aos médicos, fisioterapeutas e preparadores físicos nesta segunda-feira (7), dia de reapresentação do elenco.

O principal personagem na sala de imprensa foi o médico Eduardo Duarte, que fez uma análise individual dos cinco jogadores que estão em processo de recuperação para o confronto contra o rival esmeraldino. O volante Pedro Bambu é o caso que chama mais a atenção da comissão técnica do Atlético.

Marcus Vinícius

Continua após a publicidade

“No jogo contra o Anápolis ele teve um problema no joelho, não nada sério, a gente sempre fica preocupado com a questão ligamentar que pode afastar o jogador por um tempo maior . Mas foi apenas uma contusão simples, ele está no departamento médico fazendo fisioterapia para acelerar o próximo do retorno dele. Ele deve ir provavelmente para o jogo contra o Goiás”.

Ednei

“Ele já está na fase de transição, amanhã (terça-feira) já retorna para o jogo de bola com o grupo. Ele não tem queixa alguma, eu diria que ele está 99% pronto.

Pedro Bambu

“Ele teve um estiramento, uma abertura da musculatura posterior da coxa, mas ele está bem também. Ele vai começar o fortalecimento e nós vamos fazer uma reavaliação. Não sabemos ainda se ele será liberado para o clássico. Estamos muito esperançosos com ele, porque ele está tendo uma resposta muito boa”.

Marlon

“Ele estava gripado e iniciou um caso de sinusite, teve dor de cabeça. Já entramos com a medicação, já está bem melhor e já vai voltar para o treinamento”.

Jorginho

“Ele teve uma queixa por causa de uma dor de garganta, com muito incomodo. Já está medicado e na fase de evolução. Ele não é dúvida para o jogo, está liberado.

Leia mais sobre:
Atlético Goianiense