25 de junho de 2024
Política

Assembleia Legislativa – Partidos escolhem nomes para CPI

Presidente da Casa, Jardel Sebba (PSDB), afirmou nesta terça-feira (24) que a Mesa Diretora está conferindo assinatura dos parlamentares no requerimento do deputado Helder Valim (PSDB) que pede a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a ligação de políticos goianos com a contravenção, além de contratos firmados com a construtora Delta e a Gerplan, entre 1995 e 2012. A partir de amanhã, os líderes das bancadas já poderão indicar os membros titulares e suplentes para iniciarem os trabalhos.

A nova CPI será formada por cinco membros, sendo dois da oposição e três da situação, conforme prevê a regra da proporcionalidade, além dos suplentes. Os líderes da bancada do PT e PMDB, Karlos Cabral e Daniel Vilela respectivamente, deverão apresentar os indicados ainda nesta semana.

Valin não tem a mesma pressa. O deputado declarou que vai apresentar até quarta-feira (2) da próxima semana os nomes dos três membros titulares, e mesmo número de suplentes, que integram a base de apoio ao Governo de Goiás na composição da nova Comissão. Ele antecipou ainda que não fará parte da mesma. “Eu apresentei o requerimento, agora vou me afastar e deixar que os indicados conduzam o trabalho”, declarou.

O líder do governo afirmou que vai aproveitar o resto da semana para conversar com a liderança dos partidos que compõem a base aliada ao Governador. “Acreditamos que os trabalhos da CPI vão se estender, pelo menos, até setembro, por isso, devemos poupar os deputados que são pré-candidatos a prefeito em suas respectivas regiões”, esclareceu.


Leia mais sobre: Política