26 de maio de 2022
Política

Área do traficante Leonardo Mendonça é pedida por Maguito Vilela

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB) corre para conseguir uma área localizada no setor Aeroporto Sul e destiná-la ao município. Ela pertencia ao traficante goiano Leonardo Mendonça. A área foi confiscada pela Governo Federal. 

Maguito esteve no Ministério da Justiça, em Brasília, na companhia do assessor especial para a Frente Nacional dos Prefeitos, Euler Morais, onde se reuniu com o diretor de Contencioso e Gestão do Fundo Nacional Antidrogas do Ministério da Justiça, Mauro Roni.

Continua após a publicidade

A área tem 6 alqueres e já foi solicitada pelo prefeito Maguito Vilela para fins de utilidade pública. “A legislação nos dá essa possibilidade de requerer a área, caso comprovada a utilização para o tráfico, então  eu não poderia dexar de pedí-la. É uma área grande, bem localizada, onde poderíamos implantar inclusive serviços de apoio a dependentes químicos”, justificou o prefeito.

O diretor explicou que o processo do terreno já está tramitando no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que deve dar decisão final em breve. As chances são de decisão favorável à União.

Nesse caso, a área ficará em poder do Serviço de Patrimônio Público da União enquanto “o Ministério da Justiça decide a melhor destinação do terreno”, frisou Mauro Roni. Entre as opções, o MJ pode leiloar, vender ou destiná-la para interesse social, que é o propósito do prefeito Maguito Vilela.

Continua após a publicidade

O diretor Mauro Roni estimulou o prefeito a manter contato também com o STJ, demonstrando o seu interesse pela utilização do local em prol de atividades de atividades sociais, o que deve ampliar as chances de êxito do gestor municipal.

Leia mais sobre:
Política