26 de fevereiro de 2024
MUDANÇAS NO VERDÃO • atualizado em 22/11/2023 às 16:03

Aprovado pelo Conselho Deliberativo, novo estatuto do Goiás avança para votação de sócios

Reunião do Conselho Deliberativo do Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)
Reunião do Conselho Deliberativo do Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)

Em reunião do Conselho Deliberativo do Goiás Esporte Clube, realizada nesta terça-feira (21), no Castros Hotel, foi aprovada a mudança no estatuto da agremiação esmeraldina. Dos 254 membros do órgão, 153 estiveram presentes na apresentação da proposta e 138 votaram a favor pela alteração que vai para aprovação do sócios-proprietários, em uma assembleia que acontece na próxima quinta-feira, na Serrinha.

Em caso de aprovação da maioria, o Goiás passará por grande mudança na sua administração. O clube deixa de ter eleição para presidência executiva. Um CEO passa a ser responsável por dirigir o Verdão em todos os seus departamentos, inclusive o futebol. Esse profissional não poderá ser sócio ou conselheiro. Seu nome será escolhido através de um conselho administrativo, formado por três sócios e dois profissionais do mercado que serão contratados. Esse grupo também terá como função a fiscalização de todas as funções do CEO.

A apresentação da proposta para os conselheiros foi feita por Edminho Pinheiro – Presidente do Conselho Deliberativo. O dirigente após a reunião, ressaltou a importância da aprovação do novo estatuto: “Essa decisão é o maior campeonato que o Goiás conquistou em sua história. Foi um primeiro tempo e espero que na quinta o segundo tempo consolide essa vitória”.

Leia também – Detalhes do novo estatuto do Goiás

Antes da reunião do Conselho Deliberativo, torcedores do Goiás protestaram contra a diretoria por conta do momento ruim do time no Campeonato Brasileiro e a mudança no estatuto. Muitos gritos e xingamentos destinados a Pinheiro e o vice-presidente executivo Harlei Menezes. Edminho Pinheiro.

“As pessoas não querem entender e estudar, querem ser contra os Pinheiros e até podem ser. O que não pode é ser contra o Goiás Esporte Clube. Tenho certeza que a torcida talvez ou alguns, se nós tivéssemos no Brasileiro – que é o campeonato mais difícil do mundo – em outra situação na tabela, estaríamos sendo ovacionados por todos”, destacou Edminho Pinheiro.


Leia mais sobre: / / Esportes / Goiás Esporte Clube